PRESSUPOSTOS EPISTEMOLÓGICOS E METODOLÓGICOS INTERDISCIPLINARES PARA UMA SOCIOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO

Walter Marcos Knaesel Birkner, Sandro Luiz Bazzanella

Resumo


Este artigo apresenta um argumento em favor da interdisciplinaridade nas abordagens da Sociologia introdutória no Brasil. Mais que isso, sugere o diálogo intercientífico entre a mencionada disciplina e disciplinas como a Biologia e a Física, da grande área de conhecimento das chamadas Ciências Naturais. Afirmamos que, apesar da concordância com a interdisciplinaridade no interior da Sociologia, sua materialização é, ainda, restrita às Ciências Sociais e também ali insuficientes. Exemplo disso é o limitado diálogo com a Economia. Nessa perspectiva, procuramos demonstrar as possibilidades interdisciplinares com a Economia e a Física, mencionando uma análise sociológica do funcionamento da economia, realizado por um físico do MIT, Cesar Hidalgo, no livro Why information grows. Por fim, sugerimos que as dificuldades interdisciplinares da Sociologia estejam relacionadas à sua própria afirmação enquanto ciência, quando rompe com a Biologia, de onde deve suas origens.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.