AÇÕES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DO PARQUE ESTADUAL MATAS DO SEGREDO DA CIDADE DE CAMPO GRANDE-MS

Autores

Palavras-chave:

Conservação e Ambiente, Preservação, Epistemologia

Resumo

Neste artigo discutimos as ações educativas sobre a Educação Ambiental em espaços não- formais das Unidade de Conservação, especificamente no Parque Estadual Matas do Segredo (PEMS), na cidade de Campo Grande-MS. Como referencial teórico e metodológico optamos pela pesquisa qualitativa, dando enfoque aos pressupostos propostos por Burke (2016) em torno da epistemologia dos saberes, que concebe na interação de quatros estágios, que são a coleta de informações, a análise, a disseminação e a utilização. Ainda preconizamos as teorias propostas em Leff (2007; 2010) sobre a epistemologia e racionalidade ambiental como forma de compreender as ações e motivação do Estado em promover a Educação Ambiental, neste caso especificamente em espaços não-formais, como acontece no caso das Unidades de Conservação. De modo que, o resultado desta investigação, evidenciou que o Parque Estadual Matas do Segredo mantém o Projeto Florestinha como ação de promoção e disseminação da EA para crianças, em uma perspectiva de educação para cidadania, dentre os quais, apoio pedagógico, reforço escolar, alimentação, aulas de idiomas, primeiros socorros e a própria educação ambiental.

Referências

BERNARDES, J. A; FERREIRA, P. M. Sociedade e Natureza. In: GUERRA, J. T.; CUNHA, S. B. A questão ambiental: diferentes abordagens. 5 ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2009. p. 17- 41. Disponível em < https://docs.ufpr.br/~edugeo/GB082/Bibliografia/Texto_SociedadeNatureza.pdf>, acesso em 23 de julho de 2022.

BURKE, P. O que é história do conhecimento? 1 ed. São Paulo: Editora Unesp, 2016.

CAMPELO JUNIOR, M. V. A Educação Ambiental na construção de espaços educadores sustentáveis: viabilidade, desafios e gestão em unidades de conservação. 2021. 157f. Tese (Doutorado em Ensino de Ciências). Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2021.

CAMPELO JUNIOR, M. V. et al. Unidades de conservação como espaços de diálogos para a educação ambiental crítica. Revista Pantaneira. Volume 18, edição especial, novembro de 2020.

CIÊNCIA E CULTURA. Volume 30, edição n. 3 de março de 1978. São Paulo, 1978. Disponível em < http://memoria.bn.br/DocReader/DocReader.aspx?bib=003069&Pesq=%22unidades%20de%20conserva%c3%a7%c3%a3o%22&pagfis=24012>, acesso em 30 de maio de 2022.

CIÊNCIA E CULTURA. Volume 34, edição n. 6 de junho de 1982. São Paulo, 1982. Disponível em < http://memoria.bn.br/DocReader/DocReader.aspx?bib=003069&Pesq=%22unidades%20de%20conserva%c3%a7%c3%a3o%22&pagfis=34584>, acesso em 31 de maio de 2022.

CIÊNCIA E CULTURA. Volume 35, edição n. 4 de abril de 1983. São Paulo, 1983. Disponível em < http://memoria.bn.br/DocReader/DocReader.aspx?bib=003069&Pesq=%22unidades%20de%20conserva%c3%a7%c3%a3o%22&pagfis=37079>, acesso em 31 de maio de 2022.

CORREIO DE NOTÍCIAS. Edição n. 621, de 6 de junho de 1979. Curitiba, 1979. Disponível em < http://memoria.bn.br/DocReader/DocReader.aspx?bib=325538_00&pesq=%22plano%20do%20sistema%20de%20unidades%20de%20conserva%C3%A7%C3%A3o%22&pasta=ano%20197&hf=memoria.bn.br&pagfis=11870>, acesso em 30 de maio de 2022.

FARIA, I. D. Compensação Ambiental: Os Fundamentos E As Normas; A Gestão E Os Conflitos. Disponível em < https://www12.senado.leg.br/publicacoes/estudos-legislativos/tipos-de-estudos/textos-para-discussao/td-43-compensacao-ambiental-os-fundamentos-e-as-normas-a-gestao-e-os-conflitos> em 12 de junho de 2022.

IBDF. Plano do Sistema de Unidades de Conservação do Brasil. Brasília, 1979.

IMASUL. Plano de Manejo Parque Estadual do Segredo: Encarte I. Gerência de unidades de Conservação do Imasul. Campo Grande, 2021. Disponível em <https://www.imasul.ms.gov.br/wp-content/uploads/2022/04/Plano-de-Manejo-PEMS.pdf> em 29 de junho de 2022.

IMASUL. Gerência De Unidades De Conservação. Campo Grande, 2022a. Disponível em < https://www.imasul.ms.gov.br/setores/gerencias/unidades-de-conservacao//>, acesso em 30 de maio de 2022.

IMASUL. Parque Estadual Matas Do Segredo. Campo Grande, 2022b. Disponível em < https://www.imasul.ms.gov.br/gestao-de-unidades-de-conservacao/unidades-de-conservacao-estaduais/parque-estadual-matas-do-segredo/>, acesso em 30 de maio de 2022.

IMASUL. Unidades de Conservação Estaduais. Campo Grande, 2022c. Disponível em

https://www.imasul.ms.gov.br/gestao-de-unidades-de-conservacao/unidades-de-conservacao-estaduais/>, acesso em 10 de julho de 2022.

JAFAR, A. C. D., et al. Avaliação de Locais com Potencial e/ou Utilizados no Turismo Ambiental na Cidade de Campo Grande-Mato Grosso do Sul. Revista Brasileira Multidisciplinar, 15(1), 78-86, 2012. Disponível em <https://www.revistarebram.com/index.php/revistauniara/article/view/77> acesso em 28 de julho de 2022.

JORGE PÁDUA, M. T. Sistema de parques nacionais e reservas biológicas na Amazônia brasileira. Revista Ciência e Cultura. São Paulo, 1985. Disponível em

http://memoria.bn.br/DocReader/DocReader.aspx?bib=003069&Pesq=%22unidades%20de%20conserva%c3%a7%c3%a3o%22&pagfis=43012>, acesso em 30 de maio de 2022.

LAYRARGUES, P. P. A crise ambiental e suas implicações na educação. IN: Pensando e praticando a educação ambiental na gestão do meio ambiente / QUINTAS J. S. (org). - 3ed. Coleção meio ambiente. Série educação ambiental (Ibama): Brasília, 2006. Disponível em < http://www.ibama.gov.br/sophia/cnia/livros/pensandoepraticandoaeducacaoambientalnagestaodomeioambientedigital.pdf> acesso em 22 de julho de 2022.

LEFF, E. Epistemologia Ambiental. 5ª ed. São Paulo, Editora Cortez, 2010.

LEFF, E. Saber Ambiental. 5ª ed. Petrópolis, RJ Editora Vozes, 2007.

MATO GROSSO DO SUL. Programa Estadual de Educação Ambiental de Mato Grosso do Sul (ProEEA/MS). IMASUL/WWF: Campo Grande, 2018.

MATO GROSSO DO SUL. Resolução SED n. 3322, de 17 de setembro de 2017 que dispõe sobre a Educação Ambiental na rede estadual de ensino. Diário Oficial n. 9494 de 15 de setembro de 2017.

O MUNDO SEM NINGUÉM. Direção: Vries, David. Produção: Lopes, Vicent. 2008. Duração-1:27:51h. Disponível em: < Vries, David. O Mundo sem Ninguém. Documentário. 2015. Acesso em: 28 de julho de 2022.

PARRELA, E. C. L. Temas Geradores de Educação Ambiental no Projeto Florestinha – espaço educador sustentável não formal. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências). Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2019.

PIMENTA, J. M. A., et al. Levantamento e representatividade das Unidades de Conservação instituídas no estado de Mato Grosso do Sul. Revista Principia - Divulgação Científica e Tecnológica do IFPB, João Pessoa, n. 55, p. 165-176, set. 2021. Disponível em: <https://periodicos.ifpb.edu.br/index.php/principia/article/view/4753/1724>. Acesso em: 29 Jul. 2022.

PINTO, J. S., et al. Análise da efetividade de planos de manejo para o desenvolvimento sustentável em parques estaduais de Mato Grosso do Sul. Revista Tamoios, São Gonçalo (RJ), n. 3, p. 179-194, jul-dez 2020. Disponível em:< https://www.researchgate.net/publication/348347439_ANALISE_DA_EFETIVIDADE_DE_PLANOS_DE_MANEJO_PARA_O_DESENVOLVIMENTO_SUSTENTAVEL_EM_PARQUES_ESTADUAIS_DE_MATO_GROSSO>. Acesso em: 29 Jul. 2022.

PINTO, J. S., et al. Análise das mudanças do uso e cobertura da terra em dois parques urbanos e seus entornos em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Boletim de Geografia, v. 39, p. 33-48, e59194, 10 set. 2021. Disponível em:< https://periodicos.uem.br/ojs/index.php/BolGeogr/article/view/59194>. Acesso em: 29 Jul. 2022.

SANTOS, E. T.; MERCANTE, M. A. Elaboração Do Plano De Manejo do Parque Estadual Matas do Segredo – Campo Grande/Ms: Contribuições Geográficas. Revista Geonorte, v. 3 n. 6, 921–932, jun. 2012. Disponível em:< https://www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/revista-geonorte/article/view/1998/18723>. Acesso em: 29 Jul. 2022.

WWF-Brasil. Gestão de unidades de conservação: compartilhando uma experiência de capacitação. Maria Olatz Cases (org). WWF-Brasil/IPÊ – Instituto de Pesquisas Ecológicas: Brasília, 2012. Disponível em < https://d3nehc6yl9qzo4.cloudfront.net/downloads/gestao_de_unidades_de_conservacao.pdf>. Acesso em: 30 de maio de 2022.

Downloads

Publicado

04/08/2022

Como Citar

de Oliveira Pereira, K. A., Campelo Junior, M. V., & Rodrigues Faria , R. (2022). AÇÕES DE EDUCAÇÃO AMBIENTAL DO PARQUE ESTADUAL MATAS DO SEGREDO DA CIDADE DE CAMPO GRANDE-MS. GEOFRONTER, 8. Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/GEOF/article/view/7097

Edição

Seção

Artigos