GEOPATRIMÔNIO DE PERNAMBUCO:

SITE DE DIVULGAÇÃO DA GEODIVERSIDADE DO ESTADO DE PERNAMBUCO

Visualizações: 83

Autores

DOI:

https://doi.org/10.61389/geofronter.v10.8275

Palavras-chave:

Geociências, Geodiversidade, Geoinformação, Pernambuco, Site

Resumo

O site Geopatrimônio de Pernambuco foi criado como a iniciativa de divulgar à comunidade científica e ao público em geral, informações voltadas à temática da Geodiversidade, Geoconservação, Geoeducação e do Geoturismo. Trata-se de uma ideia que surgiu como resultado de uma tese de doutorado, voltada à conservação e inventariação do Geopatrimônio de Pernambuco com ênfase no Litoral Norte, pelo Programa de Pós-Graduação em Geociências da Universidade Federal de Pernambuco. A página eletrônica tem por objetivo chave proporcionar à sociedade, informações a respeito do Geopatrimônio Pernambucano com víeis de divulgação, voltado aos elementos bióticos e abióticos do estado, por meio de trabalhos publicados e em andamento, profissionais envolvidos, rotas, roteiros e mapas. Conceitualmente, a Geodiversidade é compreendida pela soma heterogênea de múltiplos elementos naturais abióticos de um determinado território. Tais elementos, ao formar o geopatrimônio de determinada região necessitam ser inventariados, quantificados, preservados e conservados para essa geração e gerações futuras. Os trabalhos científicos que utilizam essa premissa promovem o território e a discussão torna-se interdisciplinar (envolvendo ciência, educação, aspectos sociais, culturais, históricos e econômicos). Diante desse cenário, o site visa promover essas discussões, como mais uma ferramenta, envolvendo a Geociências, a Geografia e áreas afins de norte a sul e de leste a oeste do estado, facilitando a implantação de políticas públicas que tenham como objetivo o desenvolvimento sustentável da região, sem agressões ao meio ambiente.

Biografia do Autor

Italo Rodrigo Paulino de Arruda, Universidade Federal de Pernambuco

Doutorando em Geociências pelo Programa de Pós-Graduação em Geociências da Universidade Federal de Pernambuco (PPGEOC/CTG/UFPE). Professor Colaborador do Centro Universitário Planalto do Distrito Federal.

Gorki Mariano, Universidade Federal de Pernambuco

Doutor em Geociências pela University of Georgia. Professor do Departamento de Geologia Universidade Federal de Pernambuco (PPGEOC/CTG/UFPE). Recife/PE.

Thaís de Oliveira Guimarães, Universidade de Pernambuco

Doutora em Geociências pelo Programa de Pós-Graduação em Geociências da Universidade Federal de Pernambuco (PPGEOC/CTG/UFPE). Professora do Colegiado de Geografia da Universidade de Pernambuco. Petrolina/PE.

Referências

ALMEIDA, F. F. M., HASUI, Y., BRITO NEVES, B.B., FUCK, R.A. 1977. Províncias Estruturais Brasileiras. In: Simpósio de Geologia do Nordeste. p. 363-391. 1977.

ARRUDA, I. R. P., LIMA, R. G., LISTO, D. G. S., MARIANO, G., GUIMARÃES, T. O. Proposta de Geoconservação no Distrito de Fazenda Nova - Brejo da Madre de Deus - Pernambuco, NE do Brasil. Geologia USP. Série Científica, [S. l.], v. 23, n. 2, p. 87-98, 2023. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2316-9095.v23-204675. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2316-9095.v23-204675

ARRUDA, I. R. P., MARIANO, G., GUIMARÃES, T. O. Boletim de Resumos / 6º Simpósio Brasileiro de Patrimônio Geológico, 20 a 27 de agosto de 2022. São Paulo: Instituto de Geociências/USP e Auditório Camargo Guarnieri.

ARRUDA, I., SANTOS, L., SILVA, V., ASSIS, K., & SILVA, O. Análise Superficial da Cabeceira de Drenagem na Vila Maria no Município de Garanhuns – Pernambuco. Revista Brasileira de Geografia Física, 14(3), 1815-1827, 2021. doi: https://doi.org/10.26848/rbgf.v14.3.p1815-1827. DOI: https://doi.org/10.26848/rbgf.v14.3.p1815-1827

ARRUDA, I. R. P., GUIMARÃES, T. O. O Uso do software Microdem como ferramenta para o ensino de Geografia Física. Revista Ensino de Geografia (Recife) V. 2, N. 3, 2019. doi: https://doi.org/10.51359/2594-9616.2019.242761. DOI: https://doi.org/10.51359/2594-9616.2019.242761

BRILHA, J. B. R. Inventory and Quantitative Assessment of Geosites and Geodiversity Sites: a Review. Geoheritage, v. 8, n. 22, p. 119-134, 2016. DOI: https://doi.org/10.1007/s12371-014-0139-3

GAMA, E. S.; GUIMARAES, T. O.; LYRA, L. H. B. Potencial geoturístico das ilhas fluviais do submédio São Francisco. Estudos geológicos (UFPE), v. 31, p. 87-108, 2021. DOI: https://doi.org/10.51359/1980-8208/estudosgeologicos.v31n2p87-108

GRAY, M. Geodiversity: valuing and conserving abiotic nature. Chichester: John Wiley & Sons, 2004.

GUIMARÃES, T. O. Patrimônio geológico e estratégias de geoconservação: popularização das geociências e desenvolvimento territorial sustentável para o litoral sul de Pernambuco (Brasil). Tese (Doutorado) – Universidade Federal de Pernambuco. CTG. Programa de Pós-Graduação em Geociências, 2016.

GUIMARÃES, T.O., MARIANO, G., SÁ, A.A. Beachrocks of Southern Coastal Zone of the State of Pernambuco (Northeastern Brazil): Geological Resistance with History. Geoheritage, 2016a. doi:10.1007/s12371-016-0181-4. DOI: https://doi.org/10.1007/s12371-016-0181-4

GUIMARÃES, T. O.; MARIANO, G.; SÁ, A. A. Roteiros Geoturísticos no Litoral Sul de Pernambuco. Estudos geológicos. V. 26(3) Especial, 2016b. DOI: https://doi.org/10.18190/1980-8208/estudosgeologicos.v26n3p1-47

GUIMARÃES, T. O.; MARIANO, G., SÁ, A.A. Gaibu Mud Bath (Santo Agostinho Cape, Pernambuco, NE Brazil): geological heritage and healthy lifestyles. In: 13th European Geoparks Conference, At Rokua - Finland, Volume: Book of Abstracts - Responsible Use of Natural and Cultural Heritage, 2015.

GUIMARÃES, T. O., MARIANO, G.; SÁ, A. A. Geoturismo en el Parque Metropolitano Armando de Holanda Cavalcanti - Cabo de Santo Agostinho - Pernambuco - Brasil: Sendero Forte Castelo do Mar. Em Anais do I Simposio Argentino de Patrimonio Geologico, Geoparques y Geoturismo III Encuentro 263 Latinoamericano de Geoparques. San Martín de Los Andes, província de Neuquén, República Argentina. 2013.

GUIMARÃES, T. O. Geoconservação: mapeamento, descrição e propostas de divulgação de trilhas geoturísticas no Parque Metropolitano Armando de Holanda Cavalcanti, Cabo de Santo Agostinho-PE, Brasil. Dissertação de Mestrado - Programa de Pós-Graduação em Geociências da UFPE. 154 p. Recife/PE – Brasil, 2013.

IPEA. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada; IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Brasília: IPEA; IBGE, 2014.

JORGE, M. C. O.; GUERRA, A. J. T. Geodiversidade, geoturismo e geoconservação: conceitos, teorias e métodos. Espaço Aberto, Rio de Janeiro, v. 6, n.1, p. 151-174, 2016. DOI: https://doi.org/10.36403/espacoaberto.2016.5241

LIMA, G. R. de.; LISTO, D. G. da S.; GUIMARÃES, T. de O.; ARRUDA, Ítalo R. P. de. Inventário do potencial científico das marmitas (weathering pits) no distrito de Fazenda Nova, Pernambuco, Nordeste do Brasil. Geologia USP. Série Científica, [S. l.], v. 23, n. 2, p. 181-190, 2023. DOI: 10.11606/issn.2316-9095.v23-204661. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/guspsc/article/view/219705. Acesso em: 16 jan. 2024. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2316-9095.v23-204661

MARIANO, G.; CORREIA, P. B.; FERREIRA, R. V.; ACCIOLY, A. C. A. Pedra Furada de Venturosa, PE: Raro arco granítico com enclaves dioríticos. In: Sítios Geológicos e Paleontológicos do Brasil. V. III – P. 113-124. 2013.

MARIANO, G.; GUIMARÃES, T. O. CORREIA, P. B. Inventariação e quantificação do geossítio: arco granítico – Parque da Pedra Furada - Venturosa/PE. In: Estudos Geológicos. V. 22(2). P. 63-76. 2012. DOI: https://doi.org/10.18190/1980-8208/estudosgeologicos.v22n2p63-76

MOURA-FÉ, M. M.; NASCIMENTO, R. L.; SOARES, L. N. Geoeducação: princípios teóricos e bases legais. In: PEREZ FILHO, A.; AMORIM, R. R. (Org). Os Desafios da Geografia Física na Fronteira do Conhecimento. Campinas: Instituto de Geociências - UNICAMP, 2017a, p. 3054-3065. DOI: https://doi.org/10.20396/sbgfa.v1i2017.1953

MOURA-FÉ, M. M.; PINHEIRO, M. V. A.; JACÓ, D. M.; OLIVEIRA, B. A. Geoeducação: a educação ambiental aplicada na geoconservação. In: SEABRA, G. (Org.) Educação Ambiental & Biogeografia. 1 ed. Ituiutaba-SP: Barlavento, 2016, v. II, p. 829-842.

NASCIMENTO, M. A. L.; RUCHKYS, U.A.; MANTESSO-NETO, V. Geodiversidade, geoconservação e geoturismo: trinômio importante para a proteção do patrimônio geológico. São Paulo: Sociedade Brasileira de Geologia, 2008. DOI: https://doi.org/10.1590/S1982-45132009000200015

REYNARD, E. Geomorphosites: definitions and characteristics. In: REYNARD, E.; CORATZA, P.; REGOLINI-BISSIG, G.(eds.). Geomorphosites. München: Pfeil, 2009. p. 9-20.

SANTOS, E. M. A geoconservação como ferramenta para o desenvolvimento Sustentável em regiões semiáridas: estudo aplicado à mesorregião do agreste de Pernambuco, nordeste do Brasil. Tese (Doutorado) – Universidade Federal de Pernambuco. CTG. Programa de Pós-Graduação Geociências, 2016.

SANTOS, R. F. Planejamento ambiental: teoria e prática. São Paulo: Oficina de Textos, 2004.

SHARPLES, C. Concepts and Principles of Geoconservation. Tasmanian Parks & Wildlife Service, 2002.

SOUSA, S. G., SANTOS, L.F.L., SILVA, V.T., ARRUDA, I.R.P., LISTO, D.G.S. Análise geomorfológica do município de Quipapá - zona da mata de Pernambuco. Revista Equador (UFPI), 8, 436-448, 2019. doi: https://doi.org/10.26694/equador.v8i2.9262. DOI: https://doi.org/10.26694/equador.v8i2.9262

TAVARES, V. C.; ARRUDA, Í. R. P.; SILVA, D. G. Desertificação, mudanças climáticas e secas no semiárido brasileiro: uma revisão bibliográfica. Geosul, Florianópolis, 34, 385-405, 2019. doi: https://doi.org/10.5007/21775230.2019v34n70p385. DOI: https://doi.org/10.5007/2177-5230.2019v34n70p385

TORRES, F.M.S., PFALTZGRAFF, P.A.S. Geodiversidade do Estado de Pernambuco. Recife: CPRM – Serviço Geológico do Brasil, 2014.

Downloads

Publicado

2024-01-23

Como Citar

Arruda, I. R. P. de, Mariano, G., & Guimarães, T. de O. (2024). GEOPATRIMÔNIO DE PERNAMBUCO:: SITE DE DIVULGAÇÃO DA GEODIVERSIDADE DO ESTADO DE PERNAMBUCO. GEOFRONTER, 10, e8275 . https://doi.org/10.61389/geofronter.v10.8275

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)