Identidade estilhaçada: uma leitura de contos de Caio Fernando Abreu

Angélica Rodrigues da Costa (Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará), Paulo Antônio Vieira Júnior (Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará)

Resumo


O presente estudo desenvolve leitura de três contos de Caio Fernando Abreu: “Além do ponto”, “Luz e sombra” e “London, London ou ajax, brush and rubbish”. A problemática comum a essas narrativas é a identidade plural, descentrada ou inconstante do narrador-personagem constante em cada uma delas. A indeterminação de uma identidade ou a ausência de unidade na representação dos sujeitos origina, nesses contos, uma atmosfera angustiada, uma narrativa caótica e uma linguagem fragmentada. O estudo encontra suporte teórico nas reflexões desenvolvidas por Stuart Hall (2006), Guacira Louro (2008), Zigmund Bauman (2005) e Anatol Rosenfeld (2006), dentre outros.

Palavras-chave


Caio Fernando Abreu; identidade; pós-modernidade.

Texto completo:

PDF


ISSN: 2237-8332