A imagem da infância na obra miguilim, de João Guimarães Rosa

Luzia Otterbasch de Souza, Susylene Dias de Araújo

Resumo


O artigo caracteriza a criança a partir do personagem central da novela Campo
Geral, de João Guimarães Rosa: Miguilim. Na obra a identidade infantil é construída a partir
de passagens do livro que estão associadas às particularidades do personagem. Desde a mais
tenra idade, o indivíduo tem necessidade de pertencer a determinado grupo e sofre com a
dificuldade de aceitação pela sociedade, inclusive pela própria família. A dificuldade da
participação espontânea das crianças nas práticas sociais evidencia a exclusão e
marginalização sofrida por esse grupo há tempos e ainda na contemporaneidade. A
necessidade de um novo olhar para a criança é justificada pelo sofrimento, apresentado pelo
personagem, ao ser incompreendido e ignorado. A construção identitária da criança nesta obra
do escritor Guimarães Rosa quer chamar a atenção para este grupo, que precisa ser aceito e
acreditado como seres de personalidade e identidade próprias.

Palavras-chave


Identidade; Criança; Exclusão; João Guimarães Rosa;

Texto completo:

PDF


ISSN: 2237-8332