FOCO — Fórum dos corolários: a inteligência coletiva, de Pierre Lévy, aplicada a um sistema web para dissolução da discriminação contra a mulher, o negro e os adeptos de religiões afro-brasileiras

Autores

Palavras-chave:

Fórum de discussão, Mulher, Negro, Religiões Afro-brasileiras

Resumo

É notória a presença da discriminação na sociedade brasileira, sendo suas expressões facilmente detectadas. Frequentemente, mulheres, negros e adeptos de religiões afro-brasileiras são alvos de ataques de ódio, evidenciados por atos de violência física, moral e verbal, que vão de ações que passam despercebidas até torturas e homicídios. O combate ao preconceito precisa do apoio popular, visto que o problema compreende também o coletivo, que o cria e mantém. Com efeito, a ascensão das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs), de certa forma, contribuiu para a manutenção da discriminação, ainda que as mídias digitais, sobretudo, possam ser utilizadas como poderosa ferramenta para a dissolução do problema. Esta pesquisa objetivou a implementação de uma aplicação web que promova a discussão sobre questões relacionadas aos grupos supracitados. Os usuários podem se cadastrar e, após isso, publicar textos, imagens, vídeos e outros arquivos sobre o assunto, bem como inserir comentários em postagens de outros autores. Destaca-se que somente usuários registrados podem adicionar tópicos, mas qualquer um pode acessar o sistema e visualizar publicações e comentários. Com a aplicação concluiu-se que o fórum possibilita a formação de um novo pensamento, aos moldes da inteligência coletiva proposta por Pierre Lévy.

Biografia do Autor

Pedro Salina Rodovalho, UFMS

Cursando Filosofia (Licenciatura) na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Cursou o Ensino Médio Profissionalizante - Técnico em Informática - no Instituto Federal de Mato Grosso do Sul.

Cláudia Santos Fernandes, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul

Possui graduação em Licenciatura em Letras 1o Grau pela Universidade do Oeste Paulista (1991), graduação em Bacharelado Em Ciência da Computação pela Universidade do Oeste Paulista (1994), mestrado em Educação pela Universidade do Oeste Paulista (1999) e mestrado em Ciência da Computação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2001). Atualmente é professor ensino básico técnico e tecnológico do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso do Sul. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Software Básico, atuando principalmente nos seguintes temas: informática educacional, robótica educacional, avaliação de software e animação.

Aislan Vieira Melo, IFMS

Possui graduação (2001) e Mestrado (2004) em Ciências Sociais, ambos, pela Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - UNESP e, atualmente, cursa Doutorado em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro Oeste (UFMS). Desde 2011, atua como professor de Sociologia do IFMS (hoje, no campus Campo Grande). Trabalha temáticas relacionadas com: religião e religiosidade, populações afro-brasileiras, comunidades tradicionais, questão ambiental, ciência-tecnologia-sociedade, saúde e sociedade, ciência contemplativa, práticas integrativas e complementares na saúde, políticas públicas.

Downloads

Publicado

10/07/2020

Como Citar

Rodovalho, P. S., Fernandes, C. S., & Melo, A. V. (2020). FOCO — Fórum dos corolários: a inteligência coletiva, de Pierre Lévy, aplicada a um sistema web para dissolução da discriminação contra a mulher, o negro e os adeptos de religiões afro-brasileiras. WEB REVISTA LINGUAGEM, EDUCAÇÃO E MEMÓRIA, 17(17), 10–32. Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/WRLEM/article/view/3569