DOCÊNCIA DA EDUCAÇÃO BÁSICA: REFLEXÕES SOBRE A FEMINIZAÇÃO PRESENTE NA PROFISSÃO

Autores

Palavras-chave:

Feminização, Gênero, Docência, Educação.

Resumo

Reflexões sobre a baixa presença masculina nas instituições de educação básica se fazem necessárias na atualidade. A partir de inquietações presentes desde a seleção do Doutorado, assim como de análises dos ambientes escolares que passei nessa caminhada de dez anos na educação, constituíram uma trajetória de questionamentos em busca dos “porquês” a presença masculina é, em sua totalidade, uma parcela muito pequena quanto atuantes na docência. Dessa forma, o objetivo deste estudo é investigar o número de educadores do sexo masculino que atuam na rede municipal de ensino, de uma cidade da região metropolitana, refletindo sobre a construção da identidade de gênero desta profissão no município. A partir de uma pesquisa de cunho qualitativo, analisando o número de educadores que atuam na educação básica são tecidas reflexões, a partir do percurso histórico da profissão professor, assim como a construção identitária da docência e as relações de gênero. Os dados analisados demonstram a feminização do magistério, cunhada, muitas vezes, em estereótipos e relações de preconceitos das quais são necessárias o rompimento de estigmas e da imagem de gênero presentes em quaisquer profissões.

Biografia do Autor

Tatiane Peres Zawaski, Unilasalle

Doutoranda em Memória Social e Bens Culturais, pela Universidade La Salle, Mestra em Educação pela Universidade La Salle - Unilasalle. Especialista em Psicopedagogia Clínica e Institucional pelo Complexo de Ensino Superior de Cachoeirinha – CESUCA (2011), Licenciada em  Pedagogia – Orientação Educacional, pela Universidade Luterana do Brasil – ULBRA (2006),  Licenciada em Letras, pelo Centro Universitário La Salle - UNILASALLE. Atualmente é Coordenadora Pedagógica e Professora de Língua Portuguesa da rede Privada de Ensino. Tem experiência na área de Orientação Educacional, Letras – Língua Portuguesa e Literatura (Ensino Fundamental e Médio), atendimento Psicopedagógico e Orientação Profissional.

Patrícia Kayser Vargas Mangan, UNILASALLE

Professora do Programa de Pós-graduação em Memória Social e Bens Culturais/UNILASALLE. – Orcid: https://orcid.org/0000-0001-9929-8887 - E-mail: patricia.mangan@unilasalle.edu.br

Downloads

Publicado

08/06/2022

Como Citar

Zawaski, T. P., & Vargas Mangan, P. K. . (2022). DOCÊNCIA DA EDUCAÇÃO BÁSICA: REFLEXÕES SOBRE A FEMINIZAÇÃO PRESENTE NA PROFISSÃO. WEB REVISTA LINGUAGEM, EDUCAÇÃO E MEMÓRIA, 1(20), 145–159. Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/WRLEM/article/view/5884