A SUSTENTABILIDADE NA PERSPECTIVA DE JOHN LOCKE: UMA ABORDAGEM INTERPRETATIVA POSSÍVEL

Atos da Silva Pires

Resumo


Este analisa a obra Segundo Tratado Sobre o Governo, de John Locke, em seu capítulo intitulado Propriedade, destacando sua percepção sobre o tema: sustentabilidade. Começando por expor, sinteticamente, a visão introdutória lockiana, de propriedade, nas formas de aquisição. Interessante destacar que Locke não formula uma tese imediata e direta sobre o tema, sua intenção recai sobre a liberdade, através da valorização da autonomia individual e defesa a do respeito as inclinações naturais. Assim buscamos uma outra perspectiva, um novo olhar, uma noção aproximada do que entendemos como mais uma oportunidade de representação da realidade. O legado de Locke, em seus escritos, transcende as matrizes espaço/tempo, tornando-o universalmente concebido.

Palavras-chave: John Locke; Governo Civil; Sustentabilidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN - 2318-7034

Curso de Direito da UEMS - Unidade Universitária de Dourados

Núcleo de Estudos e Pesquisas em Direito, Estado, Constituição e Direitos Fundamentais e Humanos - UEMS