Os kamikazes e o ensino de história no mangá “zero eterno”

Autores

  • Mônica Rodrigues Suminami Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul
  • Tânia Regina Zimmermann Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul
  • Márcia Maria de Medeiros

DOI:

https://doi.org/10.26514/inter.v7i21.1346

Palavras-chave:

Manga. Kamikazes. Second World War. Japan.

Resumo

A pesquisa analisa os cinco volumes do Manga Zero Eterno, cujo tema central são os pilotos kamikazes. O conjunto desses mangás desperta a curiosidade sobre o tema no ensino de história contemporânea, sobretudo daqueles que se interessam pelo evento da Segunda Guerra Mundial, pelo peculiar esquadrão suicida japonês e por algumas batalhas entre os japoneses e norte-americanos no Pacífico. A pesquisa, através de uma revisão bibliográfica sobre o contexto histórico do século XX, procura novos olhares sobre a atuação dos kamikazes representada nesses mangás. Estas histórias em quadrinhos objetivam inserir novas tendências do ensino e pesquisa, ou seja, outras possibilidades de se narrar e resgatar uma história tão distante e também esquecida. Desta forma, procurou-se demonstrar que o mangá, tido como uma história em quadrinhos, pode ser utilizado como mecanismo de assimilação de conhecimentos formulados pelo professor para o alunado, com base numa metodologia que facilita a difusão de conhecimentos, pois inova na prática do ensino de História. Assim sendo, atrelando os eventos históricos ocorridos com a facilidade didática na difusão do ensino, verificou-se que tais fatos que passaram a ser vividos pelos ex-combatentes sobreviventes, adquiriram outros contornos, olhares e causas pelas quais se lutou.

Downloads

Publicado

21/12/2016

Como Citar

Suminami, M. R., Zimmermann, T. R., & de Medeiros, M. M. (2016). Os kamikazes e o ensino de história no mangá “zero eterno”. INTERFACES DA EDUCAÇÃO, 7(21), 204–227. https://doi.org/10.26514/inter.v7i21.1346