Contribuições filosóficas e pedagógicas de Bogdan Suchodolski (1903-1992) para a educação da classe trabalhadora

Visualizações: 2674

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26514/inter.v8i22.1572

Palavras-chave:

Pedagogia. Filosofia da Educação. Teoria Marxista. Bogdan Suchodolski.

Resumo

Resgatar as contribuições de Bogdan Suchodolski (1903-1992) para o debate da educação na atualidade é o objetivo desse artigo, resultante de pesquisas na Pós-Graduação em Educação (UFSC/CNPQ). Ele deixou uma ampla produção a ser revisitada, pois traz elementos fundamentais para a análise de uma educação voltada aos interesses da classe trabalhadora. A abordagem qualitativa e bibliográfica, pautada no materialismo histórico, levou em conta as relações concretas em que viveu e seu engajamento político em prol da consolidação do socialismo na Polônia. Ao analisar os fundamentos filosóficos das pedagogias da essência e da existência, combateu as pedagogias burguesas e as concepções utópicas e abstratas do campo educacional da esquerda. Dentre suas postulações pedagógicas estão a defesa da união entre trabalho intelectual e físico, um programa educativo pautado na ciência e o desenvolvimento da consciência socialista. O que as distingue e demarca sua importância é o fato de que tais proposições são constituídas por uma imprescindível aliança com a prática revolucionária concreta. Suas análises levaram à defesa de uma pedagogia voltada para o futuro, que fosse expressão das lutas concretas e permanentes pela alteração das condições materiais de vida.

Biografia do Autor

Neide de Almeida Lança Galvão Favaro, Universidade Estadual do Paraná - Campus de Paranavaí

Doutorado em Educação (UFSC), Professora Adjunta do Colegiado de Pedagogia da UNESPAR - Campus de Paranavaí

Referências

CAMBI, Franco. História da pedagogia. 3. reimp. São Paulo: Editora UNESP, 1999. (Encyclopaidéia)

DIAS, Edmundo Fernandes. Sobre a leitura dos textos gramscianos: usos e abusos. In: ______. O outro Gramsci. São Paulo, Xamã, 1996, p. 105-119.

IASI, Mauro Luís. Educação, consciência de classe e estratégia revolucionária. Universidade e Sociedade, DF, ano XXI, n. 48, p. 122-130, jul. 2011.

MARX, Karl; ENGELS, Friedrich. A ideologia alemã. São Paulo: Boitempo, 2007.

NOSELLA, Paolo. A escola de Gramsci. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2010.

PAULUS, Jorge Gregório. Por uma educação voltada para o futuro: a teoria marxista de Bogdan Suchodolski. 2006. 97 f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade de Passo Fundo, Passo Fundo, 2006.

SUCHODOLSKI, Bogdan. A pedagogia e as grandes correntes filosóficas: a pedagogia da essência e a pedagogia da existência. Tradução Rubens Eduardo Frias. São Paulo: Centauro, 2002.

_____ . Teoria marxista da educação. Vol. I. Tradução de Maria Carlota Melo. Lisboa: Editorial Estampa, 1976a.

_____ . Teoria marxista da educação. Vol. II. Tradução de José Magalhães. Lisboa: Editorial Estampa, 1976b.

_____ . Teoria marxista da educação. Vol. III. Tradução de Francisco Paiva Boleo. Lisboa: Editorial Estampa, 1976c.

WOJNAR, Irena. Bogdan Suchodolski (1903-1992). In: MAFRA, Jason Ferreira (Org.). Bogdan Suchodolski. Recife: Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massangana, 2010. p. 11-35. Disponível em: <http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/

me4662.pdf>. Acesso em: 08 ago. 2012.

Downloads

Publicado

16-05-2017

Como Citar

Favaro, N. de A. L. G. (2017). Contribuições filosóficas e pedagógicas de Bogdan Suchodolski (1903-1992) para a educação da classe trabalhadora. INTERFACES DA EDUCAÇÃO, 8(22), 60–90. https://doi.org/10.26514/inter.v8i22.1572