Dificuldades de aprendizagem em cena: o que o cinema e a psicologia histórico-cultural têm a dizer sobre a dislexia

Visualizações: 962

Autores

  • Maria Aparecida Santiago Silva Universidade Estadual de Maringá
  • Silvana Calvo Tuleski Universidade Estadual de Maringá

Palavras-chave:

Dislexia, Educação, Psicologia Histórico-Cultural.

Resumo

Oartigo refere-se às dificuldadesdeaprendizagem, especialmente o transtorno funcional específico na leitura e escrita, denominado dislexia, bastante diagnosticado na atualidade. Trata-se de um estudo teórico sob o viés metodológico da Psicologia Histórico-Cultural. O objetivo geral é analisar as dificuldadesdeaprendizagem na contestação das explicaçõesbiologizantes para, posteriormente, explicar o processode aprendizagem e desenvolvimento, fornecendo elementos para o enfrentamento dessa realidade. Utiliza-se o cinema como recurso mediador para a discussão, com o filme indiano TaareZameenPar - EveryChildisSpecial (ComoEstrelasnaTerra - TodaCriançaéEspecial, 2007, AamirKhan, AamirKhanProductions), quetemcomotemaadislexiae suas implicações na realidade escolar. Conclui-se que oprocessodeaprendizagem e opapeldo professor deve ganhar destaque, superandoamedicalizaçãodoensinoe aculpabilizaçãodosalunospelonão-aprender, resgatando a dimensãocoletivadofracassoescolar pelo ensino escolar sistematizado. 

Palavras-chave: Dislexia. Educação. Psicologia Histórico-Cultural.

Biografia do Autor

Maria Aparecida Santiago Silva, Universidade Estadual de Maringá

Psicóloga, Especialista em Teoria Histórico-Cultural e Mestre em Psicologia, pela Universidade Estadual de Maringá, Maringá, Paraná.

Silvana Calvo Tuleski, Universidade Estadual de Maringá

Docente da Graduação e Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Estadual de Maringá. Doutora em Educação Escolar -UNESP- Araraquara.

Downloads

Publicado

18-08-2014

Como Citar

Silva, M. A. S., & Tuleski, S. C. (2014). Dificuldades de aprendizagem em cena: o que o cinema e a psicologia histórico-cultural têm a dizer sobre a dislexia. INTERFACES DA EDUCAÇÃO, 5(14), 177–199. Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/interfaces/article/view/466