Entre o quilombo e a Educação Infantil: os (des) encontros das crianças quilombolas nos entremeios desses contextos

Autores

  • Elaine de Paula Prefeitura Municipal de Florianópolis

DOI:

https://doi.org/10.26514/inter.v13i37.4946

Resumo

Este artigo contempla parte das reflexões realizadas a partir de uma pesquisa de doutorado em educação desenvolvida em dois quilombos e em duas salas de Educação Infantil públicas no estado de Santa Catarina, para o que foi selecionado um grupo de sete crianças quilombolas (três meninas e quatro meninos) com idades situadas entre quatro e seis anos de idade como sujeitos principais da pesquisa.  A motivação central da investigação foi compreender e analisar, fundamentada em um estudo etnográfico, as relações educativas que as crianças quilombolas estabelecem entre si, com os adultos e com   outras crianças no espaço institucionalizado da educação infantil e no espaço da comunidade quilombola onde moram. A base teórica direcionou-se para uma interlocução entre os campos da Pedagogia, Sociologia da Infância e Antropologia da Criança. A pesquisa evidencia que as crianças quilombolas sofrem constrangimentos na relação com as demais crianças e que os professores têm dificuldade de lidar com as diferenças culturais no espaço institucionalizado. Por fim, a pesquisa evidencia um alto grau de cumplicidade, autonomia e criação entre as crianças nos quilombos pesquisados e demostra que suas formas de expressão ou de sociabilidade podem suscitar outras maneiras de pensar a educação institucionalizada.

 

 

 

Palavras-chave: Criança Quilombola; Quilombo; Educação Infantil; Relações Educativas.

Biografia do Autor

Elaine de Paula, Prefeitura Municipal de Florianópolis

Doutora em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina. Professor e Assessora Pedagógica da Secretaria Municipal de Educação de Florianopolis.

Downloads

Publicado

21/05/2022

Como Citar

Paula, E. de. (2022). Entre o quilombo e a Educação Infantil: os (des) encontros das crianças quilombolas nos entremeios desses contextos. INTERFACES DA EDUCAÇÃO, 13(37). https://doi.org/10.26514/inter.v13i37.4946

Edição

Seção

Artigos