Possibilidades da Utilização de TIC’s no Contexto da EPT: Um Estudo Aplicado ao Curso Técnico em Mineração

Autores

  • Jainer Diogo Vieira Matos Instituto Federal Goiano / Universidade Federal de Catalão.
  • Fernando Barbosa Matos Instituto Federal Goiano - Campus Morrinhos.
  • Julio Cesar Ferreira Instituto Federal Goiano - Campus Urutaí

DOI:

https://doi.org/10.26514/inter.v13i37.5072

Palavras-chave:

Educação Profissional e Tecnológica, Tecnologias da Informação e Comunicação, Ensino-aprendizagem, Smartphones.

Resumo

A utilização das TICs tem crescido consideravelmente em meio a sociedade da informação, podendo ser empregadas nas mais diversas esferas da existência humana, inclusive para área da educação. A Educação Profissional e Tecnológica se destaca devido aos desafios históricos enfrentados para sua expansão e consolidação em território nacional. Assim, esta pesquisa tem o objetivo de investigar como os alunos da EPT têm utilizado as TICs em sala de aula, especialmente os smartphones. Para tanto, foi aplicado um questionário aos alunos de uma turma do curso Técnico em Mineração do Campus Catalão do IF Goiano. Entre os resultados, prevalece o perfil de alta utilização das TICs cotidianamente, para diversos fins inclusive apoiando o processo de ensino-aprendizagem. Os participantes destacaram como alguns dos principais usos para as TICs: assistir videoaulas, realizar pesquisas escolares e fazer a leitura de materiais didáticos. Entretanto, também foi relatado que poucos professores utilizam smartphones com fins educativos durante as aulas, o que se apresenta como um possível campo de pesquisa futuro.  

Biografia do Autor

Jainer Diogo Vieira Matos, Instituto Federal Goiano / Universidade Federal de Catalão.

Possui Graduação em Engenharia de Minas, pela Universidade Federal de Goiás e Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica, pelo Instituto Federal Goiano. Atualmente exerce a função de Coordenador Administrativo junto à Unidade Acadêmica de Educação da Universidade Federal de Catalão.

Fernando Barbosa Matos, Instituto Federal Goiano - Campus Morrinhos.

Possui graduação em Bacharelado em Ciências da Computação pela Universidade Federal de Goiás (2000), Especialização em Gestão Empresarial (MBA) pela Faculdade CESUC de Catalão, Mestrado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Uberlândia (2005) e Doutorado em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Uberlândia (2011). Atualmente é professor titular do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnológica Goiano - Campus de Morrinhos. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com a aplicação de ferramentas computacionais em modelagem de sistemas de energia alternativa. Pesquisa sobre modelos computacionais de sistemas de energia fotovoltaica.

Julio Cesar Ferreira, Instituto Federal Goiano - Campus Urutaí

PhD em Processamento de Sinais pela Universidade de Rennes 1 (França) e Doutor em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Uberlândia (Brasil). Mestre em Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Uberlândia (2010). Especialista em Educação, área de concentração: Docência Universitária (2006). Licenciado em Matemática pela Universidade Federal de Goiás (2005). Técnico em Telecomunicações pela antiga Escola Técnica Federal de Goiás, hoje IF Goiás (1997). Atualmente é professor efetivo no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Goiano - Campus Urutaí. Em relação à pesquisa, atua principalmente nos seguintes temas: super-resolução de imagens, representação esparsa, clusterização, classificação, reconhecimento de padrões e manifolds (com aplicações) e Práticas Educativas em EPT. Em relação ao ensino, atua principalmente nas disciplinas que se enquadram na subárea Matemática Aplicada e Computacional (Cálculo Diferencial e Integral, Cálculo Numérico, Matemática Discreta e Álgebra Linear) e é professor permanente do corpo docente do Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT).

Referências

AGUIAR, R. F. Docência na educação profissional e tecnológica: influência da

formação no processo ensino-aprendizagem. 2016. 147 p. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação) -Universidade de Brasília, Brasília. 2016.

BALDO, A. P. V.; AHLERT, E. M. Uso de Tecnologias Digitais: Relato de Experiência do Uso de Aplicativo Móvel como Auxílio no Processo Ensino e Aprendizagem de Anatomia Humana In: MAGEDANZ, A. (Org.) Docência na Educação Profissional: artigos e resumos. 1. ed. Lajeado: Ed. Univates, 2018. p.32-43.

BATISTA, E. O. Sistema de Informação: o uso consciente da tecnologia para o gerenciamento. São Paulo: Saraiva, 2004.

BELHOT, R.V. Reflexões e propostas sobre o “ensinar engenharia” para o século

XXI. 1997. 113p. Tese (Livre-docência) - Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo. 1997.

BRAGA, J. C. Objetos de Aprendizagem, Volume 1: Introdução e Fundamentos. Santo André: Editora da UFABC, 2014.

BRAGA, J. C. Objetos de Aprendizagem, Volume 2: Metodologia de Desenvolvimento. Santo André: Editora da UFABC, 2015.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, 23 dez. 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Rede Federal, 2016. Disponível em: <http://redefederal.mec.gov.br/expansao-da-rede-federal> Acesso em: 07 jul. 2019.

CORRADI, M. I.; SILVA, S. H.; SCALABRIN, E. E. Objetos virtuais para apoio ao processo ensino-aprendizagem do exame físico em enfermagem. Acta Paulista de Enfermagem, São Paulo, v. 24, n. 3, 2011.

COSTA, F. A. (Coord.); RODRIGUES, C.; CRUZ, E.; FRALDÃO, S. Repensar as TIC na Educação: o professor como agente transformador. Lisboa: Santillana, (Coleção Educação em Análise). 2012.

GADOTTI, M. Perspectivas atuais da educação. Porto Alegre: Artmed, 2000.

GARCIA, S. C. Objetos de aprendizagem: investindo na mediação digital do conhecimento. In.: VII Encontro do Círculo de Estudos Linguísticos do Sul. Universidade Católica de Pelotas, 2006. Disponível em: <http://www.pucrs.br/ciencias/viali/tic_literatura/artigos/objetos/17.pdf>

GERHARDT, T. E.; SILVEIRA, D. T. Métodos da Pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. Ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2019.

GÓES, F. S. N.; CAMARGO R. A. A. As novas tecnologias no processo de ensino e aprendizagem na educação profissional de nível médio em enfermagem. In: SIED-EnPED, São Carlos. p. 13, 2012.

GÓES, F. S. N.; CÔRREA, A. K.; CAMARGO, R. A. A.; HARA C. Y. N. Necessidades de aprendizagem de alunos da Educação Profissional de Nível Técnico em Enfermagem. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 68(1), p. 20-25, 2015.

GÓES, F. S. N.; OLIVEIRA, G. F.; CAMARGO, R. A. A.; FONSECA; L. M. M. FELIPE, H. R. Avaliação de um objeto digital de aprendizagem para a educação profissional de nível médio em enfermagem: apoio ao trabalho docente. Anais. In: Congresso Nacional de Ambientes Hipermídia para Aprendizagem. João Pessoa, 2013.

GUERRA, J. H. L. Utilização do computador no processo de ensino-aprendizagem: uma aplicação em Planejamento e Controle da Produção. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo, São Carlos. 159 p. 2000.

KENSKI, V. M. Educação e tecnologias: o novo ritmo da informação. Campinas: Editora Papirus, 2012. 141p.

LIMA, C. B.; FURTADO, A. O. Avaliação de software educativo para educação profissional: uma abordagem cognitivista. In: II ENINED 2011 - II Encontro Nacional de Informática e Educação, Cascavel. 2011.

MENEZES, E. P. Novas tecnologias: repercussões no tempo e no espaço da educação a distância. 2003. Disponível em: <http://www.abed.org.br/seminario2003/texto07.html>

MORAN, J. M. Tablets e netbooks na educação. [S.l.: S.n.], 2012. Disponível em: <http://www2.eca.usp.br/moran/?page_id=20>. Acessado em: 30 jun. 2019.

MORAN, J. M.; MASETTO, M. T.; BEHRENS, M. A. Novas Tecnologias e Mediação Pedagógica. Campinas, SP: Papirus. 2000.

MOURA, D. H., “Educação básica e educação profissional e tecnológica:

dualidade histórica e perspectivas de integração”. Revista Holos, Vol. 2, 2007.

NASCIMENTO, A. C. T. A. de A. A Integração das Tecnologias às Práticas Escolares. In: Pesquisa sobre o uso das tecnologias de informação e comunicação no Brasil: TIC Educação 2012. São Paulo: Comitê Gestor da Internet no Brasil, 2013, p. 45-49.

PEIXOTO, J.; CARVALHO, R. M. A. DE. Mediação Pedagógica Midiatizada pelas Tecnologias? Teoria e Prática da Educação, Maringá, v. 14, n. 1, p. 31-38, 2011.

PINHEIRO, R. C.; RODRIGUES, M. L. O uso do celular como recurso pedagógico nas aulas de língua portuguesa. Revista Philologus, v. 18, n. 52, p. 119- 128, jan.-abr., 2012.

REZENDE, D. A.; ABREU, A. F. Tecnologia da Informação – Aplicada a Sistemas de Informação Empresariais. São Paulo: Atlas 2000.

RICHARDSON, R. J. Pesquisa social: métodos e técnicas. 3. ed. São Paulo: Atlas,1999.

ROSA JÚNIOR, C. A.; ROSA, V. C. M.; MATA, L. A. Anotações sobre o Processo Ensino-Aprendizagem na Educação Profissional e Tecnológica. Disponível em: <http://www.esocite.org.br/eventos/tecsoc2011/cd-anais/arquivos/pdfs/artigos/gt014- anotacoessobre.pdf> Acesso em: 15/05/2018.

SAVIANI, D. O choque teórico da politecnia. Trabalho, Educação e Saúde, p. 131 152, 2003.

SAVIANI, D. Trabalho e Educação: Fundamentos ontológicos e históricos. Revista Brasileira de Educação, v. 12 n. 34, jan./abr. 2007.

SEABRA, C. Tablets na sala de aula [Blog], 2012. Disponível em: Acesso em: 30 ago. 2019.

VIANA, M. A. P. Internet na Educação: Novas Formas de Aprender, Necessidades e Competências no Fazer Pedagógico. In: MERCADO, L. P. L. (org.). Tendências na

utilização das tecnologias da informação e comunicação na Educação. 1. ed. Maceió: EDUFAL, 2004. p.10-50.

VIVIAN, C. D.; PAULY, E. L. P. O uso do celular como recurso pedagógico na construção de um documentário intitulado: Fala sério! Revista Digital da CVA - Ricesu, v. 7, n. 27, fev., 2012.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 2.ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.

Downloads

Publicado

21/05/2022

Como Citar

Matos, J. D. V., Matos, F. B., & Ferreira, J. C. (2022). Possibilidades da Utilização de TIC’s no Contexto da EPT: Um Estudo Aplicado ao Curso Técnico em Mineração. INTERFACES DA EDUCAÇÃO, 13(37). https://doi.org/10.26514/inter.v13i37.5072

Edição

Seção

Artigos