Formação Continuada entre o dito, o pretendido e o produzido – percepções dos professores de Educação Física

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26514/inter.v13i38.5257

Palavras-chave:

Formação continuada. Educação física. Desafios da docência

Resumo

O artigo é resultado de pesquisa do mestrado que objetivou analisar a percepção dos professores de educação física sobre formação continuada, explorando as tensões que se estabelecem entre as ações desenvolvidas, as expectativas dos professores e as possibilidades para qualificar a sua prática pedagógica a partir da participação em processos formativos. Trata-se de uma pesquisa descritiva, com uma abordagem qualitativa que utilizou a entrevista semiestruturada para coletas de dados. Para a análise e interpretação dos dados, utilizamos a análise temática, revelando que os processos de formação continuada apresentam fragilidades em relação às ações desenvolvidas ao distanciar-se de questões didático-metodológicas especificas da educação física escolar, divergindo, assim, quanto às intencionalidades e objetivos. Identificou-se a convergência sobre a necessidade de considerar os desafios e dificuldades que emergem da docência no campo da educação física escolar como ponto de partida para pensar os processos formativos, constituindo-se em espaço de reflexão e ressignificação de sua prática pedagógica, contemplando, ainda, a reflexão sobre as especificidades e particularidades deste componente curricular.

Biografia do Autor

Paulo Roberto Dalla Valle, Unochapecó

Mestre em Educação - PPGE - Unochapecó, Graduado em Educação Física pelo Centro Universitário Diocesano do Sudoeste do Paraná (2005). Especialista em Ação Interdisciplinar e os Paradigmas Atuais da Educação com Enfase em Educação Física Escolar .Professor efetivo da Rede Estadual de Santa Catarina, atualmente atua na Supervisão Regional de Educação de Seara. Tem experiência nas áreas Esporte e Educação, com ênfase em Educação, Educação Especial, atuando principalmente no seguinte tema: Educação, educação física, contexto escolar, e administração e gestão em educação e esporte, educação especial.

Ricardo Rezer, Unochapecó

Realizou estudos de Pós-Doutorado no Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (2018), sob supervisão do Prof. Boaventura de Sousa Santos (Coimbra, Portugal). Doutorado em Educação Física (2010) na Universidade Federal de Santa Catarina, com estágio na Universidade do Porto (Porto, Portugal). Atualmente é Professor Adjunto da Escola Superior de Educação Física da Universidade Federal de Pelotas (ESEF/UFPel). Entre 1999 e 2020 foi professor da Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapeco), onde exerceu a função de Diretor de Pesquisa e Pós-Graduação (2010-2012), e atuou como professor do Programa de Pós-Graduação em Educação (Mestrado), do Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde (Mestrado e Doutorado), e do Curso de Educação Física (Graduação). No Programa de Pós-Graduação em Educação, exerceu a função de Coordenador entre os anos de 2014 e 2016. Atualmente, é membro do GTT Epistemologia do Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte (CBCE) e do GT17 - Filosofia da Educação, da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (ANPED). Possui experiência na área de Educação Física, Educação e Saúde, atuando principalmente com os seguintes temas: Epistemologia e Prática Pedagógica; Trabalho docente na Educação Superior; Formação Profissional; A universidade na contemporaneidade; Hermenêutica e Pedagogia do Esporte

Referências

ALMEIDA, Felipe Quintão de. Educação física e práticas pedagógicas inovadoras: uma revisão. Corpoconsciência, Cuiabá: MT, v. 21, n. 03, set/dez. 2017.

ALVARADO PRADA, Eduardo Luis. Formação Participativa de Docentes em Serviço. Taubaté: Cabral Editora Universitária, 1997.

ALVARADO-PRADA, Eduardo Luis; FREITAS, C. T; FREITAS, A, C. Formação de professores: alguns conceitos, interesses, necessidades e propostas. Revista Diálogo Educacional, vol. 10, n. 30, p. 367-387, mai/ago. 2010.

ARAÚJO. Regina Magna Bonifácio.; SILVA. Marcelo Donizete da.; SILVA, Marilene do Carmo. A formação continuada da educação básica: concepções e desafios na perspectiva dos docentes. Revista @mbienteeducação, São Paulo: Universidade Cidade de São Paulo, v. 12, n. 3, set/dez. 2019.

BAGATINI, Gabriela Zucki.; SOUZA Maristela da Silva. Formação continuada para professores de educação física: análise da produção do conhecimento. Motrivivência. Revista de Educação Física, Esporte e Lazer. Florianópolis, v. 31. n. 58, p. 01-16, abril/julho, 2019.

BAHIA, Cristiano de Sant Anna. Formação continuada em exercício de professores de educação escolar: Contribuições para a prática pedagógica. Tese (doutorado) – Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Desportos. Programa de Pós – Graduação em Educação Física. Florianópolis, SC, 2016.

BARDIN, Laurence. Análise do conteúdo. Lisboa: Edições, 1977.

BASTOS, Fábio Bernardo.; ANACLETO, Francis Natally.; HENRIQUE, José. Formação continuada colaborativa de professores de educação física. Pensar a Prática, Goiânia, v. 21, n. 2, abr/jun. 2018.

CANDAU, Vera Maria. (Org.). Magistério: construção cotidiana. 3. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 1997.

CANDAU, Vera Maria (Org.) Rumo a uma nova didática. Petrópolis: Vozes, 1996. p. 49-63.

CAPARROZ, Francisco Eduardo.; BRACHT, Valter. O tempo e o lugar de uma didática da educação física. Revista Brasileira, Ciência e Esporte. Campinas, v. 28, n. 2, p. 21-37, jan. 2007.

DUARTE, Vanda Catarina.; LEITE, Maria Ruth Siffert Diniz Teixeira Leite. Formação continuada de professores: uma análise do PEC – São Paulo. Fundação João Pinheiro – Escola de Governo, Belo Horizonte, MG. 2004. Disponível em: http://www.bibliotecadigital.mg.gov.br/consulta/consultaDetalheDocumento.php?iCodDocumento=57167. Acesso em: 06 de janeiro de 2020.

.

FARIAS, Uirá de Siqueira.; NOGUEIRA, Valdilene Aline.; SOUSA, Claudio Aparecido de.; MALDONADO, Daniel Teixeira. Educação física escolar no ensino fundamental: o planejamento participativo na organização didático-pedagógica. Motrivivência. Florianópolis, v. 31, n. 58, abr/jul. 2019.

FERREIRA, Janaína da Silva. SANTOS, José Henrique dos.; COSTA, Bruno de Oliveira. Perfil de formação continuada de professores de Educação Física: modelos, modalidades e contributos para a prática pedagógica. Revista brasileira de ciências do esporte, Porto Alegre, RS, v. 37, n. 3, p. 289-298, 2015.

FERREIRA, Janaína da Silva.; SANTOS, José Henrique. Modelos de formação continuada de professores: transitando entre o tradicional e o inovador nos macrocampos das práticas formativas. Cad. Pes. São Luís, v. 23, n. 3, set/dez. 2016.

FIGUERÊDO, Erilca Galvão.; MOURA, Maria da Glória Carvalho. Contribuições e limitações da formação inicial em educação física: uma revisão integrativa. Revista Eletrônica Pesquiseduca, v. 10, n. 22, set/dez, 2018.

FREITAS, Daniel Cesar.; CAMPOS PEREIRA, Marcos Paulo Vaz de.; ROSA, Alzira Izabel da Rosa.; TRUSZ, Renato Daniel.; FARIAS, Gelcemar Oliveira. Formação continuada de professores de educação física. Corpoconsciência, Cuibá – MT, v. 20, n. 03, p. 9-21, set/dez., 2016.

GATTI, Bernadete Angelina. Análise das políticas públicas para formação continuada no Brasil, na última década. Revista Brasileira de Educação, v. 13, n. 37, p. 57-70, jan/abr. 2008.

GATTI, Bernadete Angelina. Formação continuada de professores: a questão psicossocial. São Paulo: Cadernos de Pesquisa, Fundação Carlos Chagas, 2003.

GATTI, Bernadete Angelina. Formação de professores: condições e problemas atuais. Revista Brasileira de Formação de Professores. v. 1, n. 1, maio 2019.

GATTI, B. A.; BARRETO, E. S. de. S.; ANDRÉ, M. E. D. A. de.; ALMEIDA, P. C. A. de. Professores do Brasil: Novos Cenários de Formação. Brasília: Unesco, 2019.

GATTI, B. A; BARRETO, E. S. de S. Professores do Brasil: impasses e desafios. Brasília: Unesco, 2009.

HENRIQUE, José.; JANUÁRIO, Carlos.; ANACLETO, Francis.; NAIME, Vitor de Souza.; NUNES, Walter Jacinto. Perfil da formação continuada e necessidades de formação de professores de educação física. Anais do XVII Congresso Brasileiro de Ciências do Esporte. Porto Alegre. 2011.

HERINGER, Dionésio Anito.; FIGUEIREDO, Zenólia Christina Campos. Práticas de formação continuada em educação física. Movimento, Porto Alegre, v. 15, n. 4, p. 83-105, out./ dez., 2009.

IMBERNÓN, Francisco. Formação permanente do professorado: novas tendências. Tradução de Sandra T. Valenzuela. São Paulo: Cortez, 2009.

IMBERNÓN, Francisco. Formação continuada de professores. Porto Alegre: Artmed, 2010.

IMBERNÓN, Francisco. Formação docente e profissional: formar-se para mudança e a incerteza. 9 ed. São Paulo: Cortez, 2011

IMBERNÓN, Francisco. Qualidade do ensino e formação do professorado: uma mudança necessária. São Paulo: Cortez, 2016.

IMBÉRNON, Francisco.; SHIGUNOV NETO, Alexandre.; FORTUNATO, Ivan. (Org.). Formação permanente de professores: experiências ibero-americanas. São Paulo: Edições Hipóteses, 2019.

JOSSO, Marie -Christine. Experiências de vida e formação. Lisboa: Educa, 2002.

LUIZ, Igor Câmara.; MELLO, André da Silva.; VENTORIM, Silvana.; SANTOS, dos Wagner. Narrativas de formação continuada: sentidos produzidos por professores de educação física. Motrivivência, v. 27, n. 44, maio. 2015.

MALDONADO, Daniel Teixeira. Os bastidores da educação física na escola pública paulista: a percepção da realidade cotidiana. Tese. (Doutorado). São Paulo, 2016.

MALDONADO, Daniel Teixeira.; FARIAS, Uirá de Siqueira.; MEIRELES, Bruno Freitas.; SANTOS, Aline Rodrigues.; MOREIRA, Vinicius dos Santos.; NOGUEIRA, Valdilene Aline.; FREIRE, Elisabete dos Santos. Perspectivas de mudança nas práticas pedagógicas da educação física escolar: uma análise dos estudos publicados nos anais de eventos paulistas. Conexões: Educação Física, Esporte e Saúde, Campinas: São Paulo, v. 15, n. 3, jul/set. 2017.

MARIN, Alda Junqueira. Educação continuada: introdução a uma análise de termos e concepções. Cadernos Cedes, 1. ed. n. 36. 1995.

MATOS, Nathalia Cristina. A formação continuada e suas contribuições ao professor de educação física da educação infantil de Florianópolis (SC). Dissertação. (Mestrado) – Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Desportos, Programa de Pós-Graduação em Educação Física, Florianópolis, 2015. Disponível em: http://bdtd.ibict.br/vufind/Record/UFSC_52505ee48cfe7d4dbb59e4f5537c81b5/Details#description. Acesso em: 15 nov. 2018.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. São Paulo: Hucitec, 2013.

MONTEIRO, Maria do Rosário Guedes. Formação continuada de professores no Brasil: um estado da arte (2013-2016). 2017. Dissertação. (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Acre, Rio Branco, 2017.

MORAES, Fernanda Finotti de. Educação física na educação infantil: prática pedagógica e formação docente. 2017. 135 f. Dissertação. (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia. 2017. Disponível em: https://catalogodeteses.capes.gov.br/catalogo-teses/#!/. Acesso em: 05 dez. 2018.

MORICONI. Gabriela Miranda.; (Org.). Formação continuada de professores: contribuições da literatura baseada em evidencias. Fundação Carlos Chagas. 2017.

NÓVOA, Antonio. Concepções e práticas da formação contínua de professores. In: Nóvoa A (Org.) Formação contínua de professores: realidade e perspectiva. Portugal: Universidade de Aveiro, 1991.

NÓVOA, Antonio. (Orgs). Vidas de professores. Porto: Porto Editora, 1992.

NÓVOA, Antonio. Os professores e sua formação. 3. ed. Portugal: Dom Quixote, 1997.

NÓVOA, Antonio. O regresso dos professores. Lisboa: Repositório da Universidade de Lisboa, 2007.

NÓVOA, Antonio. Os professores na virada do milênio: do excesso dos discursos à pobreza das práticas. Educação e Pesquisa. v. 25, n. 1, p. 11-20, 1999.

NÓVOA, Antonio. Professores: imagens do futuro presente. Lisboa, Portugal: Educa, 2009.

NÓVOA, Antonio. Firmar a posição como professor, afirmar a profissão docente. Cadernos de Pesquisa. São Paulo, v. 47, n. 166, p. 1106-1133, 2017.

PRATES, Claudia Aparecida.; MÜLLER, Maria Cândida. Formação continuada e grupos colaborativos: algumas considerações. Revista EDUCA, Porto Velho (RO), v. 2, n. 4, 2015.

ROSSI, Fernanda.; HUNGER, Dagmar. As etapas da carreira docente e o processo de formação continuada de professores de Educação Física. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, São Paulo, v. 26, n. 2, p. 323-38, abr/jun. 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbefe/v26n2/14.pdf. Acesso em: 18 nov. 2018.

ROSSI, Fernanda.; HUNGER, Dagmar. Dilemas contemporâneos da profissão professor: perspectivas de professores(as) de Educação Física da rede pública estadual de São Paulo. Revista Mackenzie de Educação Física e Esporte, v. 12, n. 2, p. 42-58, 2013.

RUFINO, Luiz Gustavo Bonatto.; DARIDO, Suraya Cristina. A separação dos conteúdos das “lutas” dos “esportes” na Educação Física escolar: necessidade ou tradição? Pensar a Prática, Goiânia, v. 14, n. 3, p. 117, set./dez. 2011.

SOUZA, Elizeu Clementino de. Acompanhar e formar: mediar e iniciar: pesquisa (auto) biográfica e formação de formadores. In. PASSEGI, M. da C.; SILVA, V. B. (Org). Invenções de vidas, compreensão de itinerários e alternativas de formação. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2010.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2002.

TARDIF, Maurice.; LESSARD, Claude. O trabalho docente: elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas. 3ª ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2007.

TARDIF, Maurice. A profissionalização do ensino passados trinta anos: dois passos para a frente, três passos para trás. Educação e Sociedade. v. 34, n. 123, p. 551 – 571, 2013.

Downloads

Publicado

30/08/2022

Como Citar

Dalla Valle, P. R., & Rezer, R. (2022). Formação Continuada entre o dito, o pretendido e o produzido – percepções dos professores de Educação Física. INTERFACES DA EDUCAÇÃO, 13(38). https://doi.org/10.26514/inter.v13i38.5257