Extensão universitária

Possibilidades para a formação de professores em contexto

Visualizações: 139

Autores

DOI:

https://doi.org/10.61389/inter.v14i40.6516

Palavras-chave:

Extensão universitária, Formação de professores, Educação Infantil

Resumo

Face ao acúmulo de discussões no âmbito acadêmico acerca do papel e do compromisso social exercidos pelas atividades de extensão na universidade, este artigo objetiva identificar e analisar contribuições de dois cursos de extensão para a formação de professores na Educação Infantil. De abordagem qualitativa, pautado nos aspectos do estudo de caso, perscruta-se os processos de desenvolvimento de dois cursos ofertados a professoras pedagogas e a professores/as de educação física. Os dados foram coletados via observação participante com diários de campo. Articulados à luz da análise de conteúdo, os resultados revelam contribuições da extensão à formação docente, sobremaneira, no que parte do delineamento do desenho dos cursos a partir da identificação de necessidades formativas docentes e alcança a ampliação da reflexão sobre a prática profissional cotidiana e do trabalho entre pares. Conclui-se com a necessidade de ampliar e valorizar as ações de extensão integradas/associadas ao ensino e a pesquisa na universidade e escola, de maneira a contribuir para a formação de professores em nível básico e universitário, assim como de estudantes, avançando com a implementação de estratégias para o desenvolvimento profissional docente.

Biografia do Autor

Andrssa de Oliveira Martins, Universidade Federal de São Carlos

Pedagoga, mestra e doutora em Educação pela Universidade Federal de São Carlos. Professora da Educação Básica no Serviço Social da Indústria (SESI), unidade São Carlos, SP.

Luana Zanotto, Universidade Federal de Goiás

Licenciada em Educação Física, mestra e doutora em Educação pela Universidade Federal de São Carlos. Professora adjunta na Faculdade de Educação Física e Dança (FEFD) da Universidade Federal de Goiás (UFG).

Aline Sommerhalder, Universidade Federal de São Carlos

Pedagoga, mestra e doutora em Educação Escolar pela Universidade Federal de São Carlos. Professora Associada II do Departamento de Teorias e Práticas Pedagógicas (DTPP) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). 

Referências

ALMEIDA, L. P. de. A extensão universitária no brasil: processos de aprendizagem a partir da experiência e do sentido. DIRE-Diversité - REcherches et terrains, v. 7, p. 56-67, 2015. Disponível em: <https://www.unilim.fr/dire/692>. Acesso em: 14 dez. 2020.

ALVES-BEZERRA, W. CEPÊDA, V.A. A Extensão Universitária na UFSCar – Um Histórico. In: BRASIL. Pró-Reitoria de Extensão. UFSCar Parceira: Programas de extensão para a cooperação com a sociedade. São Carlos: PROEX, 2016.

ANDRÉ, M. O que é um estudo de caso qualitativo em educação? Revista da FAEEBA–Educação e Contemporaneidade, Salvador, v. 22, n. 40, p. 95-103, jul./dez. 2013. Disponível em: <https://www.revistas.uneb.br/index.php/faeeba/article/view/7441>. Acesso em: 14 dez. 2020.

ANDRÉ, M.; GATTI, B. Métodos Qualitativos de Pesquisa em Educação no Brasil: origens e evolução. s/d.

BARDIN, L. Análise de Conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2009.

BOGDAN, R. C.; BIKLEN, S. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos, 1994.

BRASIL. Senado Federal. Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, Brasília, Congresso Nacional, 20 dez. 1996.

BRASIL. Universidade Federal de São Carlos. RESOLUÇÃO CoEx nº 03/2016. Regimento

Geral da Extensão da Universidade Federal de São Carlos. 2016.

CORRÊA-SILVA, A. M.; PENHA, N.R.; GONÇALVES, J. P. Extensão Universitária e formação docente: contribuições de um projeto de extensão para estudantes de pedagogia. Rev. Form. Doc., Belo Horizonte, v. 9, n. 1, jan./jun., 2017. Disponível em: <https://doi.org/10.15601/1192>. Acesso em: 2 abr. 2020.

CUNHA, A. L. S. Extensão Universitária na Universidade Federal de São Carlos: (des)encontros com a educação popular. 2019. Tese (Doutorado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2019.

DAMIANI, M. F. et al. Discutindo pesquisas do tipo intervenção pedagógica. Cadernos de Educação, Pelotas, v. 45, p. 57–67, mai./ago., 2013. Disponível em: <https://doi.org/10.15210/caduc.v0i45.3822>. Acesso em: 13 ago. 2017.

DUBEUX, A. Extensão universitária no Brasil: democratizando o saber da universidade na perspectiva do desenvolvimento territorial. Sinergias – diálogos educativos para transformação social, n. 6, jan., 2018. Disponível em: <http://www.sinergiased.org/index.php/revista/item/132>. Acesso em: 12 jun. 2020.

HUNGER, D.; ROSSI, F.; PEREIRA, J. M.; NOZAKI, J. M. O dilema extensão universitária. Educação em Revista, Belo Horizonte, v. 30, n. 3, set., 2014. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0102-46982014005000004>. Acesso em: 30 jun. 2021.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

GARCIA, C. M. Formação de Professores: para uma mudança educativa. 2. ed. Porto Alegre: Porto Editora, 1999.

GATTI, B. A. Grupo focal na pesquisa em ciências sociais e humana. Brasília: Liber Livro, 2005.

GAUTHIER, C.; MARTINEAU, S.; DESBIENS; JEAN-FRANÇOIS; MALO, A.; SIMARD, D. Por uma teoria de uma pedagogia: pesquisas Contemporâneas sobre o saber docente. Trad. Francisco Pereira. 2. ed. Ijuí: Ed. Unijuí, 2006.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de Pesquisa Social. 6. ed. São Paulo: Atlas S.A, 2008.

IMBERNÓN, F. Formação continuada de professores. Porto Alegre: Artmed, 2010.

IMBERNÓN, F. Formação docente profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. 5. ed. São Paulo, Cortez, 2005

KOCHHANN, A. Formação de professores na extensão universitária: uma análise das perspectivas e limites. Revista Teias, Rio de Janeiro, v. 18, n. 51, 2017. Disponível em: <https://doi.org/10.12957/teias.2017.29206>. Acesso em 18 jan. 2021.

LESSARD, C. A universidade e a formação profissional dos docentes: novos questionamentos. Educ. Soc., Campinas, v. 27, n. 94, p. 201-227, jan./abr. 2006. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/S0101-73302006000100010>. Acesso em 10 dez. 2020.

MARCONI, M. de A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 5. ed. São Paulo: Editora Atlas, 2003.

MARTINS, A. O. de. Cuidar/ educar na Educação Infantil: repensando a formação permanente das educadoras que atuam com bebê e crianças pequenas. 2020. Tese (Doutorado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2020.

MARTINS, R. E. M. W.; DIAS, J.; MARTINS FILHO, L. J. O contexto do ensino, pesquisa e extensão na formação docente na Faculdade de Educação da Universidade do Estado de Santa Catarina. Revista de Educação, PUC-Campinas, v. 21, n. 2, 2016. Disponível em: <https://doi.org/10.24220/2318-0870v21n2a2893>. Acesso em 31 maio 2021.

MINAYO, M. C. S. de; COSTA, A. P. Fundamentos teóricos das técnicas de investigação qualitativa. Revista Lusófona de Educação, n. 40, p. 139-153, 2018. Disponível em: <https://revistas.ulusofona.pt/index.php/rleducacao/article/view/6439>. Acesso em: 04 ago. de 2020.

OLIVEIRA-FORMOSINHO, J. A formação prática dos professores: da prática docente na instituição de formação à prática pedagógica nas escolas. Revista Portuguesa de Formação de Professores, v. 1, p. 37-54, 2001. Disponível em: <http://www.revistas2.uepg.br/index.php/praxiseducativa/article/viewFile/8738/5156>. Acesso em: 23 ago. 2020.

OLIVEIRA-FORMOSINHO, J. A formação em contexto: a mediação do desenvolvimento profissional praxiológico. In: CANCIAN, V. A.; GALLINA, S. F. S.; WESCHENFELDER, N. (orgs.). Pedagogias das infâncias, crianças e docências na educação infantil. Santa Maria: UFSM, Centro de Educação, Unidade de Educação Infantil Ipê Amarelo; Brasília: Ministério da Educação, Secretaria da Educação Básica, 2016. p. 87-111.

PAULA, L. C de.; MELLO, R. R. de. Paulo Freire e a educação contínua dos educadores e seus formadores. In: REALI, A. M. M. R.; MIZUKAMI, M. G. N. (orgs.). Desenvolvimento profissional da docência: teorias e práticas. São Carlos: EDUFScar, 2012. p. 129-164.

PÉREZ-GÓMEZ, A. O pensamento prático do professor. A formação do professor como profissional reflexivo. In: NÓVOA, A. (org.). Os professores e a sua formação. 2. ed. Lisboa: Dom Quixote, 1997. p. 71-94.

PIMENTA, S. G. Formação de professores: saberes da docência e identidade do professor. Nuances, volume III, Set. 1997

REIS, G. L.; SOUZA, L. F. F.; BARROSO, M. F. S.; PEREIRA, E. B.; NEPOMUCENO, E. G.; AMARAL, G. F. A relevância da integração entre universidade e escolas: um estudo de caso de atividades extensionistas em robótica educacional voltadas para rede pública de ensino. Interfaces – Rev. de Extensão, Belo Horizonte, v. 2, n. 3, p. 52-76, jul./ dez. 2014. Disponível em: <https://doi.org/10.18554/reas.v7i2.3366>. Acesso em: 06 jun. 2021.

ROLDÃO, M. C. Função docente: natureza e construção do conhecimento profissional. Rev. Bras. Educ., v. 12, n. 34, p. 94-103, jan./abr. 2007. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbedu/v12n34/a08v1234.pdf>. Acesso em: 04 jun. 2021.

SANTOS, P. M dos; GOUW, A. M. S. Contribuições da curricularização da extensão na formação de professores. Interfaces da Educ., Paranaíba, v. 12, n. 34, p. 922-946, 2021.

Disponível em: <https://doi.org/10.26514/inter.v12i34.5396>. Acesso em: 10 jul. 2021.

SHULMAN, L. Knowledge and teaching: foundations of the new reform. Harvard Educational Review, v. 57, n. 1, p. 1-27, 1987. Disponível em: <https://hepgjournals.org/doi/abs/10.17763/haer.57.1.j463w79r56455411>. Acesso em: 20 out. 2019.

SOUZA, A. L. L. A história da extensão universitária. Campinas: Ed. Alínea, 2010.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. 4. ed. Rio de Janeiro: Vozes, 2010.

VEIGA, I. P. A. A aventura de formar professores. Campina, SP: Papirus, 2009.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 2. ed. Porto Alegre: Bookman, 2001.

ZANOTTO, L. Análise do conhecimento pedagógico do conteúdo de professores de educação física: pré-escola e anos iniciais do ensino fundamental. 2019. Tese (Doutorado em Educação) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2019.

Downloads

Publicado

06-11-2023

Como Citar

Martins, A. de O., Zanotto, L., & Sommerhalder, A. (2023). Extensão universitária: Possibilidades para a formação de professores em contexto. INTERFACES DA EDUCAÇÃO, 14(40), 449–467. https://doi.org/10.61389/inter.v14i40.6516