A função do secretário escolar na contemporaneidade: entre memórias e arquivos escolares

Autores

  • Cristiane de C. Ramos Abud Universidade Federal de Santa Catarina

Palavras-chave:

educação, memória, história

Resumo

Este artigo tem o intuito de refletir de forma crítica sobre a função do secretário escolar na escola, mediante as modificações pedagógicas, culturais e identitárias da contemporaneidade. Discute também, acerca da importância dos arquivos administrativos da escola como fonte documental para revelar memórias e histórias de vida da comunidade escolar e de seu entorno. Observar o interior da escola é uma tarefa complexa, mas fundamental para elaboração de um diagnóstico qualitativo e quantitativo para uma avaliação sistemática das características, expectativas, possibilidades e limitações existentes na instituição, para novos desafios e percursos.

Biografia do Autor

Cristiane de C. Ramos Abud, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutoranda em Educação do curso de Pós-graduação em Educação da UDESC-Florianópolis/SC.Mestre em História do Tempo Presente pela UDESC. Atualmente trabalha na rede de ensino municipal de Florianópolis.

Downloads

Publicado

06/09/2017

Como Citar

Abud, C. de C. R. (2017). A função do secretário escolar na contemporaneidade: entre memórias e arquivos escolares. WEB REVISTA LINGUAGEM, EDUCAÇÃO E MEMÓRIA, 3(3), 45–53. Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/WRLEM/article/view/2084