Frases completivas infinitivas no Português Europeu e Brasileiro (estudo contrastivo)

Autores

  • Iva Svobodová Instituto das Línguas e Literaturas Romanicas Faculdade de Letras Universidade de Masaryk, Brno, República Checa (Tcheca)

Palavras-chave:

orações completivas, frase infinitiva, linguística de corpus, Linguateca

Resumo

O objetivo do texto é analisar a ocorrência das frases completivas finitas e infinitivas subcategorizadas pelos verbos que veiculam diferentes valores modais, e cuja tipologia foi estabelecida por Marques (1995, 2013), baseada, essencialmente na relação dicotómica entre o valor epistémico versus  não epistémico. Verificou-se que a em ambas as variedades, a nível geral, as preferências por uma ou outra forma são quase idênticas, sendo o fator principal que influencia a sua seleção não o diatópico, como se supunha no início da pesquisa, mas o valor modal e o tipo de ineridade dos verbos. A pesquisa foi realizada  numa pequena amostra de verbos, tipologicamente diferentes, no registo  jornalístico, sendo utilizada, predominantemente, a metodologia quantitativa, baseada no tratamento dos dados tirados dos corpora português CETEMPúblico e brasileiro CETENFolha, que pertencem ao corpus da Linguateca. 

Biografia do Autor

Iva Svobodová, Instituto das Línguas e Literaturas Romanicas Faculdade de Letras Universidade de Masaryk, Brno, República Checa (Tcheca)

PhD., doutora em Línguas Românicas pela Universidade Carolina em Praga, Rep.Tcheca.

Downloads

Publicado

20/02/2018

Como Citar

Svobodová, I. (2018). Frases completivas infinitivas no Português Europeu e Brasileiro (estudo contrastivo). WEB REVISTA LINGUAGEM, EDUCAÇÃO E MEMÓRIA, 2(13), 31–54. Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/WRLEM/article/view/2235