A Sul e a Branca: literatura dos novos no Brasil pós-1945

Autores

  • Natan Schmitz Kremer Universidade Federal de Santa Catarina
  • Alexandre Fernandez Vaz Universidade Federal de Santa Catarina

Palavras-chave:

Modernidade Periférica, Revista Sul, Revista Branca, Salim Miguel.

Resumo

Neste artigo buscamos analisar a relação entre as revistas Sul e Branca, duas expressões da literatura brasileira do período pós-1945, marcado pelo fim da ditadura de Getúlio Vargas, pelo fim da 2ª Guerra Mundial, e pela implosão da vida urbana e do mercado editorial no país. Para tanto, centramo-nos na recepção das publicações e autores da revista Branca nas páginas de Sul, periódico modernista de Florianópolis, publicado entre 1948 e 1957. Dedicamo-nos, em um primeiro momento, em compreender as origens da crítica de Salim Miguel à Antologia de Contos de Escritores Novos do Brasil, publicada por Branca em 1949, buscando situar o momento histórico/político no qual o comentário foi elaborado. Em seguida, apresentamos a relação de permuta entre as revistas, atentando ao processo de articulação nacional da literatura de jovens daquele momento. Pudemos reparar que, com problemas distintos, Sul e Branca estavam envolvidas em movimento comum de produção autoral que marca todo o país a partir de 1945.

Biografia do Autor

Natan Schmitz Kremer, Universidade Federal de Santa Catarina

Estudante do curso de graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal de Santa Catarina (CFH/UFSC)

Pesquisador vinculado ao Núcleo de Estudos e Pesquisas Educação e Sociedade Contemporânea (NEPESC/CED/UFSC)

Bolsista de Iniciação Científica do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (PIBIC/CNPq)

Alexandre Fernandez Vaz, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutor em Ciências Humanas e Sociais (Dr. Phil.) pela Gottfried Wilhelm Leibniz Universität Hannover, Alemanha

Coordenador do Núcleo de Estudos e Pesquisas Educação e Sociedade Contemporânea (NEPESC/CED/UFSC)

Professor do Programa de Pós Graduação em Educação da Universidade Federal de Santa Catarina (PPGE/UFSC)

Professor do Doutorado Interdisciplinar em Ciências Humanas da Universidade Federal de Santa Catarina (DICH/UFSC)

Pesquisador do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)

Downloads

Publicado

15/01/2019

Como Citar

Kremer, N. S., & Vaz, A. F. (2019). A Sul e a Branca: literatura dos novos no Brasil pós-1945. WEB REVISTA LINGUAGEM, EDUCAÇÃO E MEMÓRIA, 15(15), 27–44. Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/WRLEM/article/view/2995