ANÁLISE DE PROPOSTAS DE PRODUÇÃO TEXTUAL NO LIVRO DIDÁTICO PARA O 6º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL

Rita Maria Decarli Bottega, Mariza Macari de Almeida, Marilu Grassi

Resumo


Este artigo tem por objetivo analisar se as propostas de produção textual de um livro didático de português são elaboradas de acordo com a concepção de linguagem interacionista. Desta forma, a abordagem teórica utilizada é a linguagem baseada na concepção interacionista de linguagem. A pesquisa realizada confronta a teoria com o manual
do professor que consta no livro e as propostas de produções textuais destinadas aos alunos. O livro didático escolhido faz parte do projeto Teláris – Português 6º ano do Ensino Fundamental (BORGATO, BERTIN e MARCHEZI, 2012). As análises dos encaminhamentos de produção de texto, de modo geral, confirmaram o gênero discursivo como eixo norteador para o ensino da língua, porém o enfoque está no ensino da estrutura do gênero textual e não na concepção de língua em sua ação efetiva, entendida como forma de interação dialógica que considera o aluno como sujeito/autor de seu enunciado.


Palavras-chave


produção textual, interação, livro didático

Texto completo:

PDF


ISSN: 2237-8332