Medicalização e TDAH: discussões nos programas de pós-graduação em educação e em psicologia do Mato Grosso do Sul

Visualizações: 703

Autores

  • Mayara Karolina Alvarenga Recaldes Gomes Coutinho UEMS/UFMS
  • Doracina Aparecida de Castro Araujo UEMS

DOI:

https://doi.org/10.26514/inter.v7i19.1040

Palavras-chave:

Medicalização. TDAH. Educação. Psicologia.

Resumo

Estudo bibliográfico, de abordagem qualitativa com o objetivo de compreender a abordagem dos temas Medicalização e Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) na produção científica dos campos da Educação e Psicologia no Estado de Mato Grosso do Sul. Empregou-se a metodologia do estado do conhecimento, com um recorte temporal e espacial em levantamentos realizados nas teses e dissertações defendidas nos Programas de Pós-Graduação em Educação e em Psicologia cujo resumo contivesse os descritores medicalização ou TDAH. Os dados permitiram afirmar que o volume de pesquisas em Educação e em Psicologia em Mato Grosso do Sul é significativo, considerando a recente implantação da maioria dos programas, entretanto, as pesquisas sobre as temáticas em estudo ainda são incipientes necessitando de mais pesquisas que abordem a medicalização na Educação.

 

Biografia do Autor

Mayara Karolina Alvarenga Recaldes Gomes Coutinho, UEMS/UFMS

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), Unidade Universitária de Paranaíba. Psicóloga da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Campus de Paranaíba.

Doracina Aparecida de Castro Araujo, UEMS


Doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (2005). Mestre em Engenharia de Produção com ênfase em Mídia e Conhecimento pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) (2001). Especialista em Educação, área de Didática (1986) e Pedagoga (1984), pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Campus de Três Lagoas. Estágio Pós-doutoral em Educação Escolar pela Universidade Estadual Paulista Julio de Mesquita Filho, Campus de Araraquara (2016). Docente adjunta do Programa de Pós-Graduação em Educação, nível de mestrado e dos cursos de Especialização em Educação e Pedagogia da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul - UEMS, Unidade Universitária de Paranaíba.

Downloads

Publicado

01-06-2016

Como Citar

Coutinho, M. K. A. R. G., & Araujo, D. A. de C. (2016). Medicalização e TDAH: discussões nos programas de pós-graduação em educação e em psicologia do Mato Grosso do Sul. INTERFACES DA EDUCAÇÃO, 7(19), 166–190. https://doi.org/10.26514/inter.v7i19.1040