A leitura na formação inicial do professor: o formador em cena

Sandro Luís da Silva, Cirlei Izabel da Silva Paiva

Resumo


O objetivo deste texto é relatar uma pesquisa sobre o trabalho com leitura na formação inicial do professor de língua portuguesa.  Adotou-se uma abordagem qualitativa na busca de informações junto a três informantes de curso de Letras de três Instituições de Ensino Superior - IES do Estado de São Paulo. O estudo baseou-se, sobretudo, em Veiga (1998), Pimenta e Anastasiou (2002), Kaufman & Rodriguez (1995), Solé (1998), Silva (2005), Schneuwly & Dolz (2004); a LDBN (1996); as Propostas Curriculares do Curso de Letras; o Parecer 9/2001 do MEC; e o Projeto Pedagógico do Curso de cada uma das IES. Observou-se que o curso superior ainda apresenta defasagens em relação ao trabalho com a leitura, havendo necessidade de se pensar em estratégias que tornem a leitura significativa para o futuro professor.

 Palavras-chave: Leitura. Formação. Estratégia.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26514/inter.v2i4.606

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES: SUMARIOS.ORG   LATINDEX   SEER/IBICT   REDIB   DIADORIM   GOOGLE ACADÊMICO  DOAJ  IRESIE   ELECTRONIC JOURNALS LIBRARY  LIVRE ACESSO ERIH PLUS 

Licença Creative Commons
Os trabalhos na Revista Interfaces da Educação está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.