As práticas de letramento de uma criança

Isabela Vieira Barbosa, Jacqueline Leite Capellaro

Resumo


Com o intuito de analisar as práticas leitoras e de escrita no decorrer de seis anos e seis meses de uma criança no domínio familiar e escolar, destacamos como objetivo deste artigo evidenciar as práticas de letramento utilizadas por uma criança ao longo dos seus seis anos de idade, tanto no contexto familiar, composto de seu pai e sua mãe, quanto na esfera educacional. A pesquisa, do tipo básica, que empregou o método qualitativo, e o procedimento observação participante, caracteriza-se como um estudo de caso, e foi realizada com a criança e a família da mesma. Neste sentido, foram realizadas observações e entrevistas com a criança e seus pais, bem como foram analisadas setenta e sete fotografias do acervo da família e quatro vídeos produzidos pela mãe dela, a fim de identificar como a inserção no mundo da cultura escrita foi se efetivando desde a mais tenra idade da garota. A análise dos dados nos permitiu verificar que tanto a família quanto a inserção da criança no âmbito escolar influenciaram as práticas de letramento da criança, e que, foi possível observar que a menina, inclusive transcende os usos da escrita e leitura dos pais, passando também a interferir nas práticas de letramento deles.


Palavras-chave: Letramento. Leitura. Escrita. Prática discursiva.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN: 2526-4052