Educação especial e educação do campo: narrativa que desvela possibilidades e interfaces

Visualizações: 974

Autores

  • Denise Meyrelles de Jesus Universidade Federal do Espírito Santo
  • Alexandro Braga Vieira Universidade Federal do Espírito Santo
  • Christiano Felix dos Anjos Universidade Federal do Espírito Santo.

DOI:

https://doi.org/10.26514/inter.v9i27.2950

Palavras-chave:

, Educação Especial. Educação do Campo. Interface.

Resumo

A interface entre a educação especial e educação do campo tem sido pouco vislumbrada em pesquisas acadêmicas. A interface, as relações entre essas duas modalidades de ensino, se constitui em uma lacuna que poucos trabalhos se debruçam em desvelar. Nesse artigo, buscamos visibilizar a interface entre a educação especial e educação a partir das narrativas de uma pesquisadora que problematizou em sua dissertação a educação do campo. Como referencial teórico metodológico, nos apropriamos da natureza metodologia da cartografia simbólica de Boaventura de Sousa Santos onde buscamos a partir das narrativas da pesquisadora (des)territorializar, e (re)territorializar, mapas simbólicos da educação especial e da educação do campo para que ambas modalidades se percebam entre si. Como resultados, percebemos a presença da interface entre a educação especial e educação do campo no momento da atuação profissional dentro do município da autora pesquisada. Assim chamamos a atenção que a interface se encontra presente nos vários espaços onde a modalidade da educação do campo é efetivada, apenas ainda não foi visibilizada ainda, tanto por seus profissionais no chão da escola quanto para aqueles que produzem conhecimento sobre essas duas modalidades.

Biografia do Autor

Denise Meyrelles de Jesus, Universidade Federal do Espírito Santo

Professora do Centro de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Espírito Santo. Graduação em Pedagogia pela Ufes. Mestrado em Educação pela University of Iowa. Doutorado em Psicologia da Educação pela University of California. Pós-doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo.

Alexandro Braga Vieira, Universidade Federal do Espírito Santo

Professor do Centro de Educação e Coordenador do Programa de Pós-Graduação de Mestrado Profisisonal em Educação da Universidade Federal do Espírito Santo. Professor do Programa de Pós Graduação de Ensino, Educação Básica e Formação de Professores da Ufes/ Alegre-ES. Graduação em Letras e pEdagogia. Mestrado, doutorado e pós-doutorado em Educação pela Ufes.

Christiano Felix dos Anjos, Universidade Federal do Espírito Santo.

Possui graduação em Pedagogia, mestrado e doutorando em Educação pela Universidade Federal do Espírito Santo.

Referências

ALMEIDA, M. L. Uma análise da produção acadêmica sobre os usos da pesquisa-ação em processos de inclusão escolar: entre o agir comunicativo e o agir estratégico. 2010. Tese, (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Espirito Santo, Vitória, 2010.

ANJOS, C. F. Realidades em contato: construindo uma interface entre a educação especial e a educação do campo. Dissertação (Mestrado em Educação) Programa de Pós Graduação em Educação, Universidade Federal do Espirito Santo, Vitória, 2016.

ANJOS, C. F. Indicadores de matriculas sobre a interface entra educação especial e educação do campo: o que os dados nos revelam? In Anais do IV Colóquio Educação Especial e Pesquisa: história, política, formação e práticas pedagógicas 4. ed. - Vitória, ES, 2017.

CAIADO, K. R. M. Educação Especial no campo: uma interface a ser construída. In: I Seminário de Políticas Públicas de Inclusão Escolar no Rio Grande do Sul, 2010, Porto Alegre, RS. Anais do I Seminário de Políticas Públicas de Inclusão Escolar no Rio Grande do Sul. Marília, SP: ABPEE - ISSN: 2178-4663, 2010.

COSMO, M. Ser Pomerana: histórias que desvela as memórias, a experiência e os sentidos de ser professor. 2014. Dissertação (Mestrado em Educação) –Universidade federal do Espirito Santo, Programa de Pós Graduação em Educação, Vitória, 2014.

CUNHA, M. I da. Conta-me agora! as narrativas como alternativas pedagógicas na pesquisa e no ensino. Rev. Fac. Educ.[on-line], v. 23, n.1 - 2, 1997.

GUIMARÂES, A. S. Crítica da razão excludente: desvelando novas racionalidades a partir das pesquisas em educação especial numa perspectiva inclusiva – 2014. Tese, (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação Em Educação, Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, 2014,

JESUS, D. M; ANJOS, C. BERGAMI, C. Z. Educação no Campo e Educação Especial: o que pensam os gestores de Educação Especial. In: Encontro De Pesquisa Em Educação Da Região Sudeste - Pós-Graduação Em Educação Na Região Sudeste Em Suas Múltiplas Dimensões, Rio de Janeiro 2011.

LABOV, W. The transformation of experience in narrative sintax. In: ______. (Ed.). Language in the Inner City. Philadelphia: University of Pennsylvania, 1972. p. 352-96.

NOZU. W. C. S. Educação Especial e Educação do Campo: entre porteiras marginais e fronteiras culturais Tese (Doutorado em Educação) Faculdade de Educação, Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, 2017.

SANTOS, B. S. Uma cartografia simbólica das ciências sociais: prolegomenos a uma concepção pós-moderna do direito. Revista Critica de Ciências Sociais. mar., 1988.

SANTOS. Para uma sociologia das ausências e uma sociologia das emergências. In: ______. (Org.). Conhecimento prudente para uma vida decente: um discurso sobre as ciências revisitada. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2006. p. 777-815

______. Renovar a teoria crítica e reinventar a emancipação social São Paulo: Boitempo, 2007.

______. Para além do pensamento abissal: das linhas globais a uma ecologia dos saberes. In: SANTOS, B. S; MENESES, M. P. (Org.). Epistemologias do Sul. São Paulo: Cortez, 2010.

RABELO, A. O. Reflexões sobre a investigação narrativa na educação, Educ. Soc., Campinas, v. 32, p. 171-188, jan./mar. 2011.

SEEMANN, Jörn. Cartografia e cultura: abordagens para a geografia cultural. In: Zeny Rosendahl; Roberto Lobato Correa. (Org.). Temas e caminhos da geografia cultural. Rio de Janeiro: Editora de UERJ, 2010.

SKLIAR, Carlos. (Org). Derrida & a Educação. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2005.

Downloads

Publicado

20-12-2018

Como Citar

de Jesus, D. M., Vieira, A. B., & dos Anjos, C. F. (2018). Educação especial e educação do campo: narrativa que desvela possibilidades e interfaces. INTERFACES DA EDUCAÇÃO, 9(27), 376–398. https://doi.org/10.26514/inter.v9i27.2950