Educação Especial na Educação Escolar Indígena: Contribuições da Pesquisadora Marilda Moraes Garcia Bruno

Visualizações: 883

Autores

  • Michele Aparecida de Sá Universidade Federal de Minas Gerais
  • Katia Regina Moreno Caiado Universidade Federal de São Carlos

DOI:

https://doi.org/10.26514/inter.v9i27.3132

Palavras-chave:

Educação Especial, Educação Escolar Indígena, Estudo Bibliométrico

Resumo

Neste artigo apresentamos os resultados de uma pesquisa que objetivou apresentar as contribuições que a pesquisadora Marilda Moraes Garcia Bruno trouxe para a interface da educação especial na educação escolar indígena no Brasil. Como metodologia utilizamos a abordagem bibliométrica e adotamos como unidade de análise os trabalhos encontrados no Catálogo de Dissertações e Teses da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), pois esse banco de dados é um dos principais meios de divulgação de produções científicas Stricto Sensu no Brasil. O estudo bibliométrico permitiu afirmar que são poucas as pesquisas realizadas no país que discutem a interface da educação especial na educação escolar indígena (14 trabalhos). Entretanto, cabe destacar que a pesquisadora Marilda Moraes Garcia Bruno orientou 50% das produções encontradas. Esse dado revela que além de ser pesquisadora referência na área da educação especial também contribuiu para que a interface da educação especial com a educação escolar indígena fosse construída e discutida pela academia.

Biografia do Autor

Michele Aparecida de Sá, Universidade Federal de Minas Gerais

Doutora em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Mestre em Educação pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e Pedagoga pela UFGD. Docente da Universidade Federal de Minas Gerais.

Katia Regina Moreno Caiado, Universidade Federal de São Carlos

Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo (USP), Mestre em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e Pedagoga pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas). Docente da Universidade Federal de São Carlos.

Referências

BRASIL. Constituição. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília DF: Senado, 1999.

______. Lei nº. 9.394, de 20 de dezembro de1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, n. 248, 23 de dez. 1996.

______. Portaria nº 948, de 09 de outubro de 2007. Dispõe sobre Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. Brasília, DF, 2008.

______. Ministério de Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial curricular nacional para as escolas indígenas. Brasília, DF: MEC/SEF, 1998.

______. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Escolar Indígena. Brasília, DF: MEC, SEB, DICEI, 2013.

______. Lei nº. 9.394, de 20 de dezembro de1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, Brasília, DF, n. 248, 23 de dez. 1996.

______. Plano Nacional de Educação 2014-2024 [recurso eletrônico]: Lei nº 13.005, de 25 de junho de 2014, que aprova o Plano Nacional de Educação (PNE) e dá outras providências. Brasília: Câmara dos Deputados, Edições Câmara, 2014. Disponível em: < http://www.observatoriodopne.org.br/uploads/reference/file/439/documento-referencia.pdf>. Acessado em: 02 abr. 2018.

______. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo demográfico 2010. Brasília: IBGE, 2010.

______. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Básica. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Escolar Indígena. Brasília, DF: MEC, SEB, DICEI, 2013.

______. Declaração de Salamanca e Linha de Ação sobre necessidades educacionais especiais. Tradução: Edílson Alkmim da Cunha. 2. ed - Brasília: CORDE, 1997.

______. Decreto 6949, de 25 de agosto de 2009. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ ccivil_03/_Ato2007-2010/2009/Decreto/D6949.htm>. Acesso em: 03 jul. 2018.

BRUNO, M. M. G.; ALL., Y. C. E. . O Deficiente Visual na classe comum. São Paulo SP: SE/SEE/CENP/SP, 1986.

COELHO, L. L. A constituição do sujeito surdo na cultura Guarani-Kaiowá: Os processos próprios de interação e comunicação na família e na escola. 153 f. Dourados, 2011. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal da Grande Dourados, 2011.

HAYASHI, M. C. P. I. et al. Competências informacionais para utilização da análise bibliométrica em educação e educação especial. Educação Temática Digital. Campinas, v.7, n.1, 2005, p.11-27.

LIMA, J. M. S. A criança indígena surda na cultura Guarani-Kaiowá: um estudo sobre as formas de comunicação e inclusão na família e na escola. 172 f. Dourados, 2011. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal da Grande Dourados, 2013.

MAZZOTTA, M. J. S. Educação Especial no Brasil: História e políticas públicas. 5. ed., São Paulo, SP: Cortez, 2005.

SÁ, M. A. O escolar indígena com deficiência visual na Região da Grande Dourados, MS: um estudo sobre a efetivação do direito à educação. 135 f. Dourados, 2011. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal da Grande Dourados, 2011.

SILVA, J. H. da. Formação de professores para o Atendimento Educacional Especializado em escolas indígenas. 205 f. Dourados, 2014. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal da Grande Dourados, 2014.

SILVA, M. G. Identificação e avaliação funcional de crianças indígenas Kaiowá e Guarani com deficiência visual e paralisia cerebral de 0 a 5 anos. 149 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal da Grande Dourados, 2016.

SOUZA, M. C. E. C. A organização do Atendimento Educacional Especializado nas aldeias indígenas de Dourados/MS: Um estudo sobre as salas de recurso multifuncionais para a área da surdez. 155 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal da Grande Dourados, 2013.

SOUZA, V. P. S. Crianças indígenas Kaiowá e Guarani: Um estudo sobre as representações sociais da deficiência e o acesso às políticas de saúde e educação em aldeias da região da Grande Dourados. 155f. Dourados, 2011. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal da Grande Dourados, 2011.

Downloads

Publicado

20-12-2018

Como Citar

Sá, M. A. de, & Caiado, K. R. M. (2018). Educação Especial na Educação Escolar Indígena: Contribuições da Pesquisadora Marilda Moraes Garcia Bruno. INTERFACES DA EDUCAÇÃO, 9(27), 399–417. https://doi.org/10.26514/inter.v9i27.3132