Repercussões do trabalho de conclusão de curso no processo de formação inicial de professores da educação profissional

Visualizações: 655

Autores

  • Josimar de Aparecido Vieira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) - Campus Sertão
  • Marilandi Maria Mascarello Vieira Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) - Campus Sertão

DOI:

https://doi.org/10.26514/inter.v9i27.3134

Palavras-chave:

Educação Profissional e Tecnológica. Formação de professores. Trabalho de Conclusão de Curso.

Resumo

Este ensaio discorre sobre a presença do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) no processo de formação inicial de professores da Educação Profissional (EP) e as repercussões no processo formativo, a partir da sistematização, cuja base é a revisão bibliográfica e de apontamentos, ao longo da atuação como professores de Metodologia Científica, Pesquisa em Educaçãoe Trabalho de Conclusão de Curso na última década. Tal modo de abordagem se assenta numa perspectiva dialética, seguindo os movimentos e contradições próprios dos espaços educativos e, portanto, sociais. Como organização, o trabalho encontra-se estruturado de modo que apresenta as singularidades, o significado e as repercussões do TCC na formação inicial de professores de EP. Esses pontos, apresentados de formainterligada e interdependente, indicam que o processo de desenvolvimento do TCC é uma atividade que permite vivenciar experiências de ensino com pesquisa que são consideradas oportunidades para desenvolver saberes fundamentais e necessários à formação de professores da EP.

Biografia do Autor

Josimar de Aparecido Vieira, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) - Campus Sertão

Possui graduação em Pedagogia pela Fundação de Ensino do Desenvolvimento do Oeste (1986), especialização em Supervisão Escolar pela Fundação de Ensino do Desenvolvimento do Oeste (1988), Mestrado em Educação pela Universidade de Passo Fundo - UPF (2000) e Doutorado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul - PUCRS (2011). Atualmente é Professor de Ensino Básico, Técnico e Tecnológico da área de Pedagogia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) - Campus Sertão. É professor permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT). Tem experiência na área de Educação, com ênfase em didática e organização pedagógica do ensino, atuando principalmente nos seguintes temas: formação de professores, práticas pedagógicas, educação profissional, educação superior e educação do campo.

Marilandi Maria Mascarello Vieira, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) - Campus Sertão

Possui Graduação em Estudos Sociais pela Fundação de Ensino do Desenvolvimento do Oeste (1983), Graduação em Pedagogia pela Fundação de Ensino do Desenvolvimento do Oeste (1984), Graduação em História pela Fundação Educacional do Oeste Catarinense (1987), Curso de Especialização em Supervisão Escolar (1988), Mestrado em Educação pela Universidade de Passo Fundo (1999), Graduação em Direito pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (2007), Curso de Especialização em Direito Processual Civil pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (2009), , Mestrado em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (2011) e doutorado em Educação nas Ciências (2017) pela UNIJUI. É professora titular do Instituto Federal do Rio Grande do Sul - IFRS - Câmpus Sertão, atuando nos seguintes temas: educação profissional - formação de professores - políticas da educação.

Referências

ANDRÉ, M.. O papel da pesquisa na formação e na prática dos professores. 3. ed. São Paulo: Papirus, 2004.

BALZAN, N. C. Indissociabilidade ensino-pesquisa como princípio metodológico. In: VEIGA, I. P. A; CASTANHO, M. E. L. M. (orgs.). Pedagogia universitária: a aula universitária em foco. Campinas(SP): Papirus, 2000. p. 115-136.

BRASIL. Resolução nº 2, de 1º de julho de 2015. Brasília, 2015. Disponível em:. Acesso em: http://portal.mec.gov.br/docman/agosto-2017-pdf/70431-res-cne-cp-002-03072015-pdf/file. Acesso em: 24 set. 2018.

________, Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 dez. 1996. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seed/arquivos/pdf/tvescola/leis/lein9394.pdf . Acesso em: 24 set. 2018.

CHIZZOTTI, A. Metodologia do ensino superior: o ensino com pesquisa. In: CASTANHO, S.; CASTANHO, M. E. L. M (orgs.). Temas e textos em metodologia do ensino superior. Campinas(SP): Papirus, 2001. p. 103-112

CUNHA, M. I. Relação ensino e pesquisa. In: VEIGA, I. P. A. (org.). Didática: o ensino e suas relações. Campinas(SP): Papirus, 1996. p. 115-126

DEMO, P. Educar pela pesquisa. Campinas(SP): Autores Associados, 1997.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. 9. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1998.

GATTI, B. A. Pesquisar em educação: considerações sobre alguns pontos-chave. Revista Diálogo Educacional. Curitiba(PR), n. 19, p. 25-35, set./dez. 2006

LÜDKE, M.; CRUZ, G. B. Aproximando universidade e escola de educação básica pela pesquisa. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 35, n. 125, p. 81-109, maio/ago. 2005.

LÜDKE, M. A complexa relação entre o professor e a pesquisa. In: ANDRÉ, M. (org.). O papel da pesquisa na formação e na prática dos professores. 3. ed. Campinas, SP: Papirus, 2004, p.27-54.

LÜDKE, M. et al.. O que conta como pesquisa? São Paulo: Cortez, 2009.

MASETTO, M. T. Atividades pedagógicas no cotidiano da sala de aula universitária: reflexões e sugestões práticas. In: CASTANHO, S.; CASTANHO, M. E. L. M. (orgs.). Temas e textos em metodologia do ensino superior. Campinas(SP): Papirus, 2001. p. 83-102.

MASSI, L.; QUEIROZ, S. L. Iniciação científica: aspectos históricos, organizacionais e formativos da atividade no ensino superior brasileiro. São Paulo: Editora Unesp Digital, 2015. Disponível em: http://books.scielo.org/id/s3ny4/pdf/massi-9788568334577.pdf. Acesso em: 07 maio 2018.

MORAES, R.; RAMOS, M.; GALIAZZI, M. C. Pesquisa em sala de aula: fundamentos e pressupostos. 2002.

OLIVEIRA, G. A. P. A concepção de egressos de um curso de Pedagogia acerca da contribuição do trabalho de conclusão de curso. 2003.136 f. Dissertação de Mestrado. Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, São Paulo, 2003.

SANTOS, L. L. C. P. Dilemas e perspectivas na relação entre ensino e pesquisa. In: ANDRÉ, M. (org. ). O papel da pesquisa na formação e na prática dos professores. 3. ed. Campinas, SP: Papirus, 2004. p.11-25.

TARDIF, M. Saberes profissionais dos professores e conhecimentos universitários Elementos para uma epistemologia da prática profissional dos professores e suas consequências em relação à formação para o magistério. In: Revista Brasileira de Educação. Rio de Janeiro, n. 13, p. 5-13, jan./fev./mar./abr. 2000.

Downloads

Publicado

20-12-2018

Como Citar

Vieira, J. de A., & Vieira, M. M. M. (2018). Repercussões do trabalho de conclusão de curso no processo de formação inicial de professores da educação profissional. INTERFACES DA EDUCAÇÃO, 9(27), 211–231. https://doi.org/10.26514/inter.v9i27.3134

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)