A construção de sentidos na atividade de leitura: interfaces com o professor mediador

Dalve Oliveira Batista-Santos, Joelma Pereira Cruz

Resumo


Considerando a relevância do professor no processo de formação do leitor crítico, que este artigo tem por objetivo investigar o papel do professor como mediador no processo de compreensão leitora dos alunos e as implicações desse processo no desenvolvimento do leitor crítico. Para tanto, foi aplicado um questionário, com questões discursivas, a quatro professores, que ministram a disciplina de Língua Portuguesa, da Rede Estadual de Ensino do Estado do Tocantins. Além do questionário, foral observadas três aulas de interpretação textual de cada professor.  O artigo está fundamentado à luz de teóricos que têm a leitura como temática, sendo alguns deles: Kleiman (2008; 2013), Antunes (2009), Hoppe (2014), Zanotto (2014a; 2014b), Zanotto e Sugayama (2016), Batista-Santos (2018), dentre outros.  Com a pesquisa, foi possível constatar que a prática da leitura, na sala de aula, ainda é focada na perspectiva monológica, em que o aluno é levado a reproduzir passivamente as ideias alheias do autor do texto lido. Isso implica dizermos que, é necessário mudanças no trabalho com a leitura, isto é, o docente necessita compreender o seu papel no processo de formação de leitores críticos por meio de uma prática dialógica e responsiva.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26514/inter.v10i30.3795

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES: SUMARIOS.ORG   LATINDEX   SEER/IBICT   REDIB   DIADORIM   GOOGLE ACADÊMICO  DOAJ  IRESIE   ELECTRONIC JOURNALS LIBRARY  LIVRE ACESSO ERIH PLUS 

Licença Creative Commons
Os trabalhos na Revista Interfaces da Educação está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.