A produção de conhecimento e escrita da experiência do professor PDE-UFPR, na perspectiva de Deleuze e Guattari

Autores

  • Claudia Madruga Cunha Universidade Federal do Paraná

Palavras-chave:

formação de professores. individuação. experiência educativa.

Resumo

A formação continuada de professores da Rede Pública Estadual do Paraná, através do Programa de Extensão PDE/UFPR, incita o professor a uma atualização da sua prática docente na escola pública. Esta política pública idealiza a escola como ambiente potencialmente transformável pelo professor, quando entende que a produção de conhecimento sobre a própria prática e a problematização do contexto em que atuam estes profissionais, pode alterar o processo educativo. Aqui se pretende analisar como a escrita, o estudo e a pesquisa possibilita um movimento de mudança interna ao docente que altera sua “individuação”, pois a pesquisa sobre si, retorna ao ato de ensinar.

 

Biografia do Autor

Claudia Madruga Cunha, Universidade Federal do Paraná

Licenciada em Filosofia (UFPEL); Mestre em Filosofia(PUCRS) e Doutora em Educação (UFRGS). Coordena o Programa Interinstitucional de Formação de Professores PDE/UFPR do Setor de Educação; leciona no Setor de Educação Profissional e Tecnológica e no Mestrado Profissional em Educação do Setor de Educação da UFPR.

Downloads

Publicado

27/01/2015

Como Citar

Cunha, C. M. (2015). A produção de conhecimento e escrita da experiência do professor PDE-UFPR, na perspectiva de Deleuze e Guattari. INTERFACES DA EDUCAÇÃO, 5(15), 188–206. Recuperado de https://periodicosonline.uems.br/index.php/interfaces/article/view/447