A formação do professor de Educação Física: contribuições da experiência docente para o ensino do tema transversal da Educação Ambiental na Educação Básica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26514/inter.v12i34.4788

Palavras-chave:

Ensino, Educação Ambiental, Educação Física.

Resumo

Esse estudo analisou a relevância da experiência docente na formação inicial de professores de Educação Física para atuar com o tema da Educação Ambiental. A pesquisa caracterizou-se como qualitativa. Ela foi desenvolvida tendo como sujeitos três acadêmicos de Educação Física – Licenciatura. Eles participaram de uma formação ambiental por meio de vivências com a natureza ministrada por um professor/pesquisador universitário. A partir dessa experiência, os acadêmicos planejaram aulas com a temática Educação Ambiental e as ministraram para estudantes no Ensino Fundamental. Após a experiência docente, os três acadêmicos foram entrevistados. Constatou-se que experimentar vivências com a natureza foi fundamental para os acadêmicos vislumbrarem possibilidades de articulação da Educação Física com a Educação Ambiental. A necessidade de “se colocar no lugar de professor” é percebida no decorrer da pesquisa como fundamental no processo de “constituir-se” professor. No exercício cotidiano da docência o professor constrói a sua identidade docente, ressignifica saberes e torna-se autor do seu fazer pedagógico.

 

Biografia do Autor

Derli Juliano Neuenfeldt, Universidade do Vale do Taquari - Univates

Doutorado em Ciências: Ambiente e Desenvolvimento (Universidade do Vale do Taquari - Univates). Professor titular dos cursos de Educação Física - Licenciatura e Bacharelado e do Programa de Pós-Graduação em Ensino da Univates. Tem experiência na área de Educação Física Escolar atuando principalmente nos seguintes temas: educação física escolar, formação de professores e educação ambiental.

Jane Márcia Mazzarino, Universidade do Vale do Taquari - Univates

Doutorado em Ciências da Comunicação (UNISINOS). Professora do Programa de Pós-Graduação em Ambiente e Desenvolvimento da Universidade do Vale do Taquari – Univates. Coordenadora do Grupo de Pesquisa Comunicação, Educação Ambiental e Intervenções (CEAMI) - Univates/CNPq.  

Jacqueline Silva da Silva, Universidade do Vale do Taquari - Univates

Doutorado em Educação pela UFRGS. Professora Titular da Universidade do Vale do Taquari - Univates onde atua como professora no Programa de Pós Graduação em Ensino. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Infantil, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação, Processos de Ensinar e Aprender, Planejamento, Infância e Ludicidade

Referências

ALMEIDA, Luciano de; FENSTERSEIFER, Paulo. O lugar da experiência no âmbito da Educação Física. Movimento, Porto Alegre, v. 07, n. 4, p. 247-263, out./nov., 2011.

ALMEIDA, Luciano; FENSTERSEIFER, Paulo Evaldo; BRACHT, Valter. Experiência. In.: GONZÁLEZ, Fernando Jaime; FENSTERSEIFER, Paulo Evaldo. Dicionário Crítico de Educação Física. 3 ed. Ijuí: UNIJUÍ, 2014. p. 297-302.

ALVIM, Marley Pereira Barbosa. Educação Física e Educação Ambiental: uma relação possível e imprescindível: estudo realizado na região do Vale do Rio Doce, Minas Gerais, Brasil. Porto, Universidade do Porto. Faculdade de Desporto. Tese de Doutorado, Porto, 2009. Disponível em: <http://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/17969>. Acesso em: 02/03/2014.

BARCELOS, Valdo; SILVA; Ivete Souza da. Antropofagia Cultural Brasileira e Educação – contribuições ecologistas para uma pedagogia da “Devoração”. Poiéses, Tubarão, v. 1, n. 1, p. 20-41, jan./abr., 2008. Disponível em: http://www.portaldeperiodicos.unisul.br/index.php/Poiesis/article/view/21. Acesso em: 22/10/2014.

BARCELOS, Valdo. Uma educação nos trópicos: contribuições da antropofagia cultural brasileira. Petrópolis: Vozes, 2013.

BETRÁN, Javier Oliveira; BETRÁN, Alberto Oliveira. Proposta Pedagógica para as atividades físicas de aventura na natureza (AFAN) na Educação Física do Ensino Médio. In.: MARINHO, Alcyane; BRUHNS, Heloisa Turini (Org.). Viagens, lazer e esporte. Barueri: Manole, 2006. p. 180-210.

BOGDAN, Robert; BIKLEN, Sari. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto: Porto Editora, 1994.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: meio ambiente e saúde. Vol. 09. Brasília: MEC/SEF, 1997.

______ Lei n.º 9.795 de 27 de abril de 1999. Dispõe sobre a Educação Ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9795.htm. Acesso em: 14/03/2014.

______ Conselho Nacional de Educação. Resolução nº 2 de 1º de julho de 2015. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação inicial em nível superior (cursos de licenciatura, cursos de formação pedagógica para graduados e cursos de segunda licenciatura) e para a formação continuada.

BRASIL. Resolução nº 3, de 21 de novembro de 2018. Atualiza as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio. Disponível em: <http://novoensinomedio.mec.gov.br/resources/downloads/pdf/dcnem.pdf> Acesso em: 19/03/2020.

______ Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2017. Disponível em: < http://download.basenacionalcomum.mec.gov.br/> Acesso em: 13/03/2020.

______(a) Resolução nº 2, de 20 de dezembro de 2019. Define as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Inicial de Professores para a Educação Básica e institui a Base Nacional Comum para a Formação Inicial de Professores da Educação Básica (BNC-Formação).

CORNELL, Joseph (a). Vivências com a natureza 1: guia de atividades para pais e educadores. 3 ed. São Paulo: Aquariana, 2008.

______ (b). Vivências com a natureza 2: novas atividades para pais e educadores. São Paulo: Aquariana, 2008.

DARIDO, Suraya Cristina; RANGEL-BETTI, Irene Conceição; RAMOS, Glauco Nunes Souto; GALVÃO, Zenaide; FERREIRA, Lilian Aparecida; SILVA, Eduardo Vinicius Mota; SANCHES, RODRIGUES, Luiz Henrique; SANCHES, Luiz, PONTES, Gustavo PONTES; CUNHA, Felipe CUNHA. A Educação Física, a formação do cidadão e os parâmetros curriculares nacionais. Revista Paulista de Educação Física, São Paulo, v. 15, n. 11, p.17-32, jan./jun. 2001.

DARIDO, Suraya Cristina. Educação Física na escola: questões e reflexões. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2003.

DINIZ-PEREIRA, Júlio Emílio. Epistemologia da experiência na formação de professores: primeiras aproximações. Revista Brasileira de Pesquisa sobre formação docente. v. 02, n. 02, p. 83-93, jan./jul. 2010. 83. Disponível em http://formacaodocente.autenticaeditora.com.br. Acesso em: 19/03/2020.

DOMINGUES, Soraya Corrêa; KUNZ, Elenor; ARAÚJO, Lísia Costa Gonçalves de. Educação Ambiental e Educação Física: possibilidades para a formação de professores. Revista Brasileira de Ciências do Esporte. Florianópolis, v. 33, n. 3, p. 559-571, jul./set., 2011.

GIL, Carlos Antonio. Pesquisa Social: Métodos e Técnicas de Pesquisa. 6 ed. São Paulo: Atlas S. A., 2012.

GONZÁLEZ, Fernando Jaime; FENSTERSEIFER, Paulo Evaldo. Entre o “Não mais” e o “Ainda não”: Pensando saídas do não lugar da escola I. Cadernos de Formação RBCE. Campinas: CBCE e Autores Associados, p. 09-24, set., 2009.

LARROSA, Jorge. Notas sobre a experiência e o saber de Experiência. Revista Brasileira de Educação. São Paulo, n. 19, jan./fev./mar./abr., p. 20-28, 2002.

______. Alteridade e Educação. Revista Reflexão e Ação. Santa Cruz do Sul, v.19, n. 2, p.04-27, jul./dez., 2011.

______ Tremores: escritos sobre experiência. Belo Horizonte: Autêntica. 2014.

MARINHO, Alcyane; INÁCIO, Humberto Luís de Deus. Educação Física, meio ambiente e aventura: um percurso por vias instigantes. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Campinas, v. 28, n. 3, p. 55-70, maio, 2007.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Fenomenologia da Percepção. 2 ed. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

MORAES, Roque. Mergulhos discursivos: análise textual qualitativa entendida como processo integrado de aprender, comunicar e interferir em discursos. In: GALIAZZI, Maria do Carmo; FREITAS, José Vicente. Metodologias emergentes de pesquisa em Educação Ambiental. Ijuí: Unijuí, 2007, p. 85-114.

NEUENFELDT, Derli Juliano; MAZARRINO, Jane Márcia. Educação ambiental e formação de professores de Educação Física: uma proposta tridimensional. Lecturas: Educación Física y Deportes. Buenos Aires, ano 22, nº 232, set., 2017. Disponível em: <https://www.efdeportes.com/efd232/educacao-ambiental-e-formacao-de-professores.htm>. Acesso em: 04/03/2020.

NÓVOA, António. O passado e o presente dos professores. In.: NÓVOA, António (Org.). Profissão Professor. Porto: Porto Editora, 1999. p. 13-34.

NÓVOA, A.; GANDIN, L. A.; ICLE, G.; FARENZENA; N.; RICKES, S. M. Pesquisa em Educação como Processo Dinâmico, Aberto e Imaginativo: uma entrevista com António Nóvoa. Educação & Realidade. Porto Alegre, v.36, n. 2, p. 533-543, maio/ago. 2011.

REZER, Ricardo; FENSTERSEIFER, Paulo Evaldo. Docência em Educação Física: reflexões acerca de sua complexidade. Pensar a Prática, Goiânia, v. 11, n. 3, p. 319-329, set./dez., 2008.

RODRIGUES, Cae. A ambientalização dos currículos de Educação Física no ensino superior. Motriz, Rio Claro, v.18 n. 3, p.557-570, jul./set. 2012.

SCHWARTZ, Maria Gisele. A aventura no âmbito do lazer: as AFAN em foco. In.: SCHWARTZ, Maria Gisele (Org.). Aventuras na Natureza: consolidando significados. Jundiaí, SP: Fontoura, 2006. p. 23-33.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. 13 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012.

______ Saberes profissionais dos professores e conhecimentos universitários para uma epistemologia da prática profissional dos professores e suas consequências em relação à formação para o magistério. Revista Brasileira de Educação, v.13, jan./fev./mar./abr. p. 5-24.,2000.

TRIVIÑOS, Augusto Nibaldo. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas. 1987.

Downloads

Publicado

2021-06-18

Como Citar

Neuenfeldt, D. J., Mazzarino, J. M., & Silva, J. S. da. (2021). A formação do professor de Educação Física: contribuições da experiência docente para o ensino do tema transversal da Educação Ambiental na Educação Básica. INTERFACES DA EDUCAÇÃO, 12(34), 704–730. https://doi.org/10.26514/inter.v12i34.4788