Estágio supervisionado no curso de Pedagogia na UERN/Campus Central: um estudo à luz da Teoria das Representações Sociais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26514/inter.v12i35.5422

Palavras-chave:

Estágio supervisionado, formação docente, representação social

Resumo

O Estágio Supervisionado no Curso de Pedagogia se revela como espaço formativo da/na prática que permite ao professor/pedagogo em formação momentos de reflexão e pesquisa sobre a profissão docente. Desse modo, o objetivo desse artigo é identificar a representação social de estágio supervisionado para estudantes do curso de Pedagogia/UERN/campus central. Para tanto, encontramos na Teoria das Representações Sociais (MOSCOVICI, 1978) o aporte teórico-metodológico. A abordagem da pesquisa é qualitativa e se desenvolve a partir de um estudo bibliográfico e documental utilizando fontes como: Pimenta e Lima (2005/2006, 2012), Soares (2015); Vieira (2016). Analisa, ainda, o Projeto Pedagógico do curso de Pedagogia da UERN (UERN, 2012) e a Resolução 06/2015 CONSEPE/UERN, a qual dispõe sobre o Estágio Supervisionado das Licenciaturas (UERN, 2015). Como instrumento de recolha de dados, aplicamos a Técnica de Associação Livre de Palavras (TALP). Para tratamento dos dados, nos reportamos à Análise de Conteúdo (BARDIN, 2011). Os resultados da investigação nos revelam indícios de que existem representações sociais ancoradas a uma imagem simbólica do estágio como espaço de aprendizagem, importante para a formação e, ao mesmo tempo, como momento desafiador, considerando a complexidade e dificuldades inerentes à profissão e as exigências acadêmicas.

 

Biografia do Autor

Antonia Maíra Emelly Cabral da Silva Vieira, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte/UERN

Professora na UERN no departamento de Educação. Mestra e Doutora em Educação. Atua como pesquisadora principalmente nas seguintes áreas: Formação de professores, práticas pedagógicas, alfabetização e letramento, representação social e habitus.

Maria Cleonice Soares, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte-UERN

Professora na UERN no departamento de Educação. Mestra em Educação. Atua como pesquisadora nas seguintes áreas: formação de professores; Psicologia da Educação- Desenvolviemento e aprendizagem; Estágio Supervisionado e Estudo da realidade.

Elda Silva do Nascimento Melo, Universidade Federal do Rio Grande do Norte-UFRN

Professora na UFRN no Centro de Educação. Doutora em Educação. Atua como pesquisadora nas sequintes áreas: Formação Docente, Metodologias de Ensino e Aprendizagem e Representações Sociais

Referências

ABRIC, Jean-Claude. A abordagem estrutural das representações sociais. In: PAREDES MOREIRA, Antônia Silva; OLIVEIRA, Denize Cristina de (Org.). Estudos interdisciplinares de representação social. Goiânia: AB, 1998.

BARDIN, Laurence. Análise do conteúdo. Trad. Luís Antero Reto e Augusto Pinheiro. Lisboa – Portugal: Edições 70, 2011.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. Resolução CNE/CP 1, de 15 de

maio de 2006. Brasília, DF: SEED, 2006. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/rcp01_06.pdf>. Acesso em: 15 de junho de 2018.

JODELET, D. Representações sociais: um domínio em expansão. In: JODELET, D. (Org.). As representações sociais. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2001. p. 17-44.

MACHADO, Laêda Bezerra. ANICETO, Rosimere de Almeida. Núcleo central e periferia das representações sociais de ciclos de aprendizagem entre professores. Ensaio: aval. pol. públ. Educ., Rio de Janeiro, v. 18, n. 67, p. 345-364, abr./jun. 2010. Disponível em: < http://www.scielo.br/pdf/ensaio/v18n67/a09v1867.pdf >. Acesso em: 14 maio 2018.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. O conceito de representações sociais dentro da sociologia clássica. In: GUARESCHI, P. e JOVCHELOVITCH (orgs.). Textos em Representações Sociais. Petrópolis: Vozes, 2013, p. 73-92.

MOSCOVICI, S. A representação social da psicanálise. Trad. de Álvaro Cabral. Rio de Janeiro: Zahar Editores, 1978.

PIMENTA, Selma Garrido; LIMA, Maria do Socorro Lucena. Estágio Docência. 7. ed. São Paulo: Cortez, 2012.

PIMENTA, Selma Garrido; LIMA, Maria do Socorro Lucena. Estágio e docência: diferentes concepções. Revista Poíesis -v. 3, n. 3 e 4, p.5-24, 2005/2006. Disponível em: < https://www.revistas.ufg.br/poiesis/article/viewFile/10542/7012 >. Acesso em: 02 jun. 2018.

SÁ, Celso Pereira de. A construção do objeto de pesquisa em representações sociais. Rio de Janeiro: EdUERJ, 1998.

SOARES, Maria Cleonice. Atuação do estagiário do curso de pedagogia da UERN na sala de aula na percepção do professor supervisor. 2015. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, Mossoró.

SILVESTRE, Magali Aparecida. PLACCO, Vera Maria Nigro de Souza. Modelos de formação e estágios curriculares. Revista Formação Docente, Belo Horizonte, v. 03, n. 05, p. 30-45, ago./dez. 2011. Disponível em: <http://formacaodocente.autenticaeditora.com.br> Acesso em: 20 maio 2014.

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE. RESOLUÇÃO Nº 06/2015 – CONSEPE/UERN: Regulamenta o Estágio Curricular Supervisionado Obrigatório nos Cursos de Licenciatura da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte. UERN, 2015. Disponível em: <http://www.uern.br>. Acesso em: 20 jun. 2018.

UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE. Faculdade de Educação – FE. Departamento de Educação – DE. Projeto Pedagógico do Curso de Pedagogia. Via Impressa. Mossoró/RN, 2012.

VIEIRA, Antônia Maíra Emelly Cabral da Silva Vieira. A representação social de estagiários do curso de Pedagogia acerca da docência. 2016. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal.

Downloads

Publicado

02/11/2021

Como Citar

da Silva Vieira, A. M. E. C., Soares, M. C., & Melo, E. S. do N. (2021). Estágio supervisionado no curso de Pedagogia na UERN/Campus Central: um estudo à luz da Teoria das Representações Sociais. INTERFACES DA EDUCAÇÃO, 12(35), 532–556. https://doi.org/10.26514/inter.v12i35.5422