O curso de pedagogia no Brasil: uma análise sobre sua história e identidade (1939 – 2019)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26514/inter.v12i34.5447

Palavras-chave:

Curso de Pedagogia. Formação Inicial de Professores. Formação do Profissional da Educação.

Resumo

Este texto objetiva apresentar uma análise a respeito da história e da identidade do Curso de Pedagogia no Brasil. Para tanto, toma como referência o período que vai de 1939, ano de criação da graduação, até 2019, com a publicação das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Inicial de Professores para a Educação Básica e da Base Nacional Comum para a Formação Inicial de Professores da Educação Básica (BNC-Formação). Em termos metodológicos, fundamenta-se na análise documental de textos oficiais que se reportaram na história à formação de professores da Educação Básica e, principalmente, ao referido Curso. Concluímos que, no decurso histórico, o Curso de Pedagogia passou por diferentes configurações indenitárias, sendo, em alguns momentos, definido como um curso de bacharelado, com foco na formação do profissional para atuação em setores da gestão educacional e escolar; e, em outros, desenhado como uma licenciatura, centrada na docência, ao focar na formação do professor polivalente da Educação Infantil e dos anos iniciais do Ensino Fundamental e na formação do profissional da Educação.

Biografia do Autor

Emerson Augusto de Medeiros, Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA)

Professor Adjunto do Departamento de Ciências Humanas (DCH) da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA). Doutor em Educação pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Ensino (POSENSINO/UERN/UFERSA/IFRN).

Osmar Hélio Alves Araújo, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Professor Adjunto da Universidade Federal da Paraíba (UFPB)/Campus IV - Litoral Norte - Centro de Ciências Aplicadas e Educação (CCAE)/Departamento de Educação (DED). Doutor em Educação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Líder do Grupo de Pesquisa: LACONEX@O/UFPB - Laboratório de práticas, estudos e pesquisas em formação de professores - Universidade e Escolas de Educação Básica.

Jean Mac Cole Tavares Santos, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN)

Professor Adjunto do Departamento de Educação da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN). Doutor em Educação pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), com Estágio Pós-Doutoral em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ).  Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Ensino (POSENSINO/UERN/UFERSA/IFRN).

Referências

ALBUQUERQUE, H. M. P.; HAAS, C. M.; ARAÚJO, R. M. B. Formação de professores da educação básica no Brasil - Curso de Pedagogia – Licenciatura, em instituições da Região Sudeste. Acta Scientiarum. Education, Maringá, v. 35, n. 1, p. 105-115, Jan./Jun., 2013.

BRASIL. Resolução CNE/CP, nº 02, de 20 de dezembro de 2019. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/component/content/article?id=12991>. Acesso em: 28 maio 2020.

BRASIL. Resolução CNE/CP, nº 02, de 01 de julho de 2015. Disponível em: < http://pronacampo.mec.gov.br/images/pdf/res_cne_cp_02_03072015.pdf>. Acesso em: 28 maio 2020.

BRASIL. Resolução CNE/CP n.1, 15 de maio de 2006. Diário Oficial da União, n.92, seção 1, p.11- 12, 16 maio 2006. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/component/content/article?id=12991>. Acesso em: 28 maio 2020.

BRASIL. Resolução CNE/CP nº 1, de 18 de fevereiro de 2002a. Disponível em: < http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/res1_2.pdf>. Acesso em: 20 jul. 2020.

BRASIL. Resolução CNE/CP nº 2, de 19 de fevereiro de 2002b. Disponível em: < http://portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/CP022002.pdf>. Acesso em: 20 jul. 2020.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei n.º 9.394, 20 de dezembro de 1996. Disponível em: < https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.htm>. Acesso em: 20 jul. 2020.

BRASIL. Parecer CFE nº 252, de 11 de abril de 1969. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/component/content/article?id=12919>. Acesso em: 20 jul 2020.

BRASIL. Parecer nº 251, de 14 de novembro de 1962a. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/component/content/article?id=12919>. Acesso em: 20 jul 2020.

BRASIL. Parecer nº 292, de 14 de novembro de 1962b. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/component/content/article?id=12919>. Acesso em: 20 jul 2020.

BRASIL. Decreto Lei n. 3.454, de 24 de julho de 1941. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/component/content/article?id=12919>. Acesso em: 20 jul 2020.

BRASIL. Decreto Lei nº 1.190, de 04 de abril de 1939. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/component/content/article?id=12991>. Acesso em: 20 jul 2020.

BRZEZINSKI, I. Pedagogia, pedagogos e formação de professores: busca e movimento. (Coleção magistério: Formação e trabalho pedagógico). Campinas: Papirus, 1996.

CACETE, N. H. Breve Histórico do Ensino Superior Brasileiro e da Formação de Professores para a Escola Secundária. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 40, n. 4, p. 1061-1076, out./dez. 2014.

CRUZ, G. B. Da história do Curso de Pedagogia e a formação do pedagogo no Brasil. O Curso de Pedagogia no Brasil na visão de Pedagogos Primordiais. 302f. Tese (Doutorado em Educação) – Pontifícia Universidade Católica, Rio de Janeiro, 2008.

DOURADO, L. F. A Formação de Professores e a Base Comum Nacional: questões e proposições para o debate. Revista Brasileira de Política e Administração Educacional, v. 29, n.2, p. 367-388, mai./ago. 2013.

FARIAS, I. M. S. O discurso curricular da proposta para BNC da formação de professores da educação básica. Revista Retratos da Escola, Brasília, v. 13, n. 25, p. 155-168, jan./mai. 2019.

FIORIN, B. P. A.; FERREIRA, L. S. O Curso de Pedagogia no Brasil: história e influência para o trabalho dos pedagogos. Revista Reflexão e Ação, Santa Cruz do Sul, v.21, n. esp., p.44-65, jul./dez. 2013.

GATTI, B. A.; BARRETTO, E. S. S. Professores do Brasil: impasses e desafios. Brasília - DF: Editora da UNESCO, 2009.

LIBÂNEO, J. C. A Pedagogia em Questão: Entrevista com José Carlos Libâneo. Olhar de professor, Ponta Grossa, v. 10, n.1, p. 11-33, 2007.

MEDEIROS, E. A.; DIAS, A. M. I.; OLINDA, E. M. B. Formação inicial de professores da educação básica no Brasil: uma leitura histórica e político-legal. Educação em Perspectiva, v. 11, p. e020006, 9 jun. 2020.

PIMENTA, S. G.; et al. Os cursos de licenciatura em pedagogia: fragilidades na formação inicial do professor polivalente. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 43, n.1, p. 15-30, mar. 2017.

SAVIANI, D. Formação de Professores: aspectos históricos e teóricos do problema no contexto brasileiro. Revista Brasileira de Educação, v. 14, p. 143-155, 2009.

SCHEIBE, L. Diretrizes Curriculares para o Curso de Pedagogia: trajetória longa e inconclusa. Cadernos de Pesquisa, v. 37, n. 130, p. 43-62, jan./abr. 2007.

SCHEIBE, L.; DURLI, Z. Curso de Pedagogia no Brasil: olhando o passado, compreendendo o presente. Educação em Foco, v. 14, n. 17. p. 79-110, 2011.

SILVA, C. S. B. Curso de pedagogia no Brasil: história e identidade. 4. ed. Campinas: Autores Associados, 2008.

SOKOLOWSKI, M. T. História do Curso de Pedagogia no Brasil. Comunicações, Piracicaba, v. 20, n. 1, p. 81-97, jan./jun. 2013.

TANURI, L. M. História da Formação de Professores. Revista Brasileira de Educação, n. 14, p. 61-88, maio/ago. 2000.

Downloads

Publicado

2021-06-18

Como Citar

Medeiros, E. A. de, Araújo, O. H. A., & Santos, J. M. C. T. (2021). O curso de pedagogia no Brasil: uma análise sobre sua história e identidade (1939 – 2019). INTERFACES DA EDUCAÇÃO, 12(34), 561–588. https://doi.org/10.26514/inter.v12i34.5447

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.