Tendências e práticas de aproximação entre os textos literários e o ensino de ciências

Visualizações: 794

Autores

  • Sabrine Lino Pinto Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Sônia Cristina Vermelho Universidade Federal do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.26514/inter.v8i24.2056

Palavras-chave:

Ensino de Ciências. Literatura. Biblioteca escolar. Ensino fundamental.

Resumo

Considerando a importância do hábito da leitura como prática social que possibilite a articulação da literatura aos conteúdos científicos para auxiliar os professores de ciências no processo de ensino-aprendizagem e motivar os alunos a aprender, foi realizada uma pesquisa bibliográfica com o objetivo de investigar o que tem sido produzido acerca da relação ensino de ciências e literatura trabalhada no ensino fundamental dentro do espaço escolar. Para tanto, realizou-se um estudo bibliométrico exploratório e descritivo em 05 (cinco) bases de dados, cuja busca foi feita pelos termos literatura, ensino de ciências, alfabetização e educação científica, que levaram a uma seleção final de 20 trabalhos analisados na íntegra. Os resultados mostraram que, embora a inclusão de textos literários em sala de aula promovem o diálogo produtivo para o processo de ensino-aprendizagem de ciências, é uma temática que merece ser mais explorada, tanto nas pesquisas de revisão da literatura, como também de experiências práticas, o que permite concluir que, no que tange à relação biblioteca e ensino de ciências, se trata de um assunto muito pouco explorado, quase inédito, pois, não foi recuperado na busca nenhum artigo que tratasse dessa relação.

 

Biografia do Autor

Sabrine Lino Pinto, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Doutoranda em Educação em Ciências e Saúde do Programa de Pós-graduação do NUTES-UFRJ. Mestra em Educação em Ciências e Matemática do Programa EDUCIMAT do Instituto Federal do Espírito Santo - IFES (2014). Possui graduação em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Espírito Santo (2005) e é pós graduada com especialização em Biblioteca Escolar pelo CESAT. Atualmente é bibliotecária-documentalista do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo. 

Sônia Cristina Vermelho, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Possui graduação em Processamento de Dados pela Universidade Positivo (1993), mestrado em Educação: História, Política, Sociedade pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1998) e doutorado em Educação: História, Política, Sociedade pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2003). Fez Pós-Doutorado no INESC/Universidade do Porto, Portugal no Laboratório de Sistemas de Informação e Computação Gráfica (2014). Atualmente é professora adjunta da Universidade Federal do Rio de Janeiro, no Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Saúde vinculado ao Núcleo de Tecnologia Educacional para Saúde - NUTES, no Laboratório de Linguagens e Mediações. Tem experiência na área de Educação superior e pós-graduação. As áreas de interesse de pesquisa: Mídia-Educação, Educação em Ciências e Saúde na formação para emancipação e autonomia, juventude e cidadania cultural, produção cultural e a formação do sujeito na contemporaneidade, pesquisa-formação, pesquisa participante, Teoria crítica.

 

Downloads

Publicado

05-02-2018

Como Citar

Pinto, S. L., & Vermelho, S. C. (2018). Tendências e práticas de aproximação entre os textos literários e o ensino de ciências. INTERFACES DA EDUCAÇÃO, 8(24), 119–146. https://doi.org/10.26514/inter.v8i24.2056