USO DE MÍDIAS SOCIAIS POR ESTUDANTES DE ENSINO MÉDIO DE LIMEIRA-SP

Autores

DOI:

https://doi.org/10.26514/inter.v13i37.4872

Palavras-chave:

Educação, Informação, Ensino Médio, Ensino Superior, Internet

Resumo

No artigo apresentam-se informações sobre a utilização da internet e das redes sociais por estudantes de terceiro ano de ensino médio de duas escolas (uma pública, outra privada) de Limeira-SP, como recorte de uma investigação sobre as expectativas desses jovens em relação ao ensino superior nos anos de 2018 e 2019. A pesquisa se desenvolveu por meio da aplicação de questionários socioeconômicos e entrevistas semi-estruturadas. As condições de acesso à internet eram similares para ambos os grupos, mas havia distinções fundamentais em relação ao uso desses recursos. Para os estudantes da escola privada, essas ferramentas mostraram-se importantes para a aquisição de conhecimentos e informações relevantes para o ingresso no ensino superior. Aos jovens da escola pública, por sua vez, esses recursos mostraram-se importantes para obter informações básicas sobre os processos seletivos e as políticas de ação afirmativa.

Biografia do Autor

Cauê Ferreira Teixeira, Programa de Pós-Graduação em Educação (PUC-Campinas0

Graduação em Ciências Sociais (Unicamp)

Mestre em Educação (PUC-Campinas)

Doutorando em Educação (PUC-Campinas)

André Pires, Programa de Pós-Graduação em Educação PUC-Campinas

Mestre em Antropologia Social (Unicamp)

Doutor em Ciências Sociais (Unicamp)

Pós-Doutoramento (Princeton University)

Bolsista Produtividade CNPq nível 2

Referências

ALMEIDA, Wilson Mesquita de. Ampliação do acesso ao Ensino Superior Privado Lucrativo Brasileiro: um estudo sociológico com bolsistas do PROUNI na cidade de São Paulo. São Paulo-SP, 2012.

BOURDIEU, Pierre. Escritos de educação. Petrópolis, RJ. Vozes, 2013.

BRASIL, 2018. Censo 2010 do IBGE. Áreas de ponderação. Limeira-SP. https://censo2010.ibge.gov.br/apps/areaponderacao/

BRASIL, 2018. Ministério da educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Diretoria de avaliação da educação básica. Nota técnica. Indicador de Nível Socioeconômico das Escolas de Educação Básica (Inse), 2015.

COSTA, Ana Maria Simões Netto; FERREIRA, André Luis Andrejew. Novas possibilidades metodológicas para o ensino-aprendizagem mediados pelas redes sociais Twitter e Facebook. REnCiMa, v. 3, n. 2, p. 136-147, 2012.

GASQUE, K. C. G. D. Internet, mídias sociais e as unidades de informação: foco no ensino-aprendizagem. Brazilian Journal of Information Studies: Research Trends. 10:2 (2016) 14-20. ISSN 1981-1640.

GREENHOW, C.; LEWIN, C., 2016. Social media and education: reconceptualizing the boundaries of formal and informal learning, Learning, Media and Technology, 41:1, 6-30, DOI: 10.1080/17439884.2015.1064954.

NOGUEIRA, C. M. M. Escolha racional ou disposições incorporadas: diferentes referenciais teóricos na análise sociológica do processo de escolha dos estudos superiores. Estudos de Sociologia, v. 2, n. 18, 2012.

PIRES, André; ROMAO, Paulo Cesar Ricci; VAROLLO, Victor Marques. O Programa Bolsa Família e o acesso e permanência no ensino superior pelo Programa Universidade para Todos: a importância do eu me viro. Revista Brasileira de Educação, v.24, 2019.

SIBILIA, Paula. Rede ou paredes, a escola em tempos de dispersão; tradução: Vera Ribeiro. – Rio de Janeiro: Contraponto, 2012.

TEZCI, E.; IÇEN, M. High School students social media usage habits. Journal of education and practices, vol. 8, n. 27, 2017.

WOHN, D. Y.; ELLISON, N. B.; KAHN, M. L.; FEWINS-BLISS, R. ; GRAY, R. The role of social media in shaping first-generation high school students' college aspirations: A social capital lens. Computers & Education. Volume 63, April 2013, Pages 424–436.

Downloads

Publicado

21/05/2022

Como Citar

Teixeira, C. F., & Pires, A. (2022). USO DE MÍDIAS SOCIAIS POR ESTUDANTES DE ENSINO MÉDIO DE LIMEIRA-SP. INTERFACES DA EDUCAÇÃO, 13(37). https://doi.org/10.26514/inter.v13i37.4872

Edição

Seção

Artigos